A criatividade e o vestir
Sexta, 31 de Janeiro de 2014

É a criatividade que faz a vida ficar mais interessante, faz a gente estar em movimento, faz a gente buscar a superação. Todo mundo tem a “semente” da criatividade — às vezes a gente só esquece que ela existe, liga o piloto automático e sai por aí replicando tudo igual a todo mundo, rotineiramente.

Estudos apontam que o exercício da criatividade desenvolve as capacidades cerebrais adormecidas, faz com que a gente se sinta mais feliz, desperta curiosidade, torna nossa vida mais prazerosa. Especialistas recomendam atividades em que se explore esse potencial do cérebro pelo menos uma vez ao dia. Mas, hoje em dia, quem é que tem pelo menos um momento do dia para pintar, desenhar, fotografar, escrever…?

Há quem tenha mais facilidade de exercitar a criatividade – ou porque possui essa característica na sua personalidade, ou porque trabalha com alguma atividade que demanda ser criativo. Mas para o resto da humanidade, que faz coisas que aparentemente não tem nada de original, existe uma hora do dia que é possível exercitar todo o potencial criativo: a hora de se vestir!

Que tal então fazer o exercício de ser mais criativo na hora de se vestir? Ninguém precisa usar uma blusa rosa com uma saia amarela, sair por aí de turbante na cabeça ou calçar um sapato em forma de algum animal — de acordo com Iris Apfel, há uma saída bem prática para partir para a ação: cada um tem a sua própria medida de criatividade. Não é para impressionar ninguém… é para impressionar a gente mesma. É exercício empoderador e gerador automático de confiança. 

Quem veste calça preta e camisa branca todos os dias, por exemplo, só de experimentar camisa azul, lilás ou listrada, já alcança um toque de ousadia no exercício de originalidade. O objetivo não precisa ser "sair de casa com a coordenação mais linda do mundo", mas sim se surpreender todos os dias com a própria capacidade de coordenar.

Para complementar, seguem os MANDAMENTOS DA CRIATIVIDADE –que servem não só pra quem curte roupas, mas para vida toda! 

AFINIDADE: reserve um momento do dia só para você fazer algo que realmente goste;

JOGO: mantenha um clima lúdico em suas relações pessoais e, se possível, em sua rotina diária;

DESENVOLVIMENTO: nunca pare de buscar informação, leia livros e revistas, acesse a internet; 

CULTURA: vivas as artes – busque conhecer essa produção de cultura da humanidade, por mais distante que tudo possa estar no mundo real, temos acesso ao mundo virtual com um simples clic e isso permite conhecer todo o mundo;

LIBERDADE: procure viver espontaneamente, a liberdade criativa começa na maneira de encarar a vida;

INOCÊNCIA: lembre-se de como você era quando criança e recupere um pouco aquele espírito;

EMPATIA: aprenda a olhar para si e para os outros, o afeto nutre a criatividade;

AMOR: nunca deixe de cultivar seus verdadeiros gostos e paixões, eles vão alimentá-lo sempre;

AÇÃO: sonhar é importante, projetar o futuro é essencial, mas fazer é muito mais.

(mandamentos tirados de uma edição de 2006 da revista Vida Simples)

Comentários