Quais são as denominações do Espírito Santo?
Sexta, 09 de Dezembro de 2016

Meus amigos e minhas amigas!

Alguém já disse que, aliás, há vários teólogos que dizem isso, o tempo da criação foi o tempo do Pai; o tempo da redenção foi o tempo do Filho. E agora estamos no tempo do Espírito Santo. Claro, sempre lembrando que as pessoas da Santíssima Trindade agem em conjunto. Mas chegamos à pergunta do compêndio do catecismo da Igreja católica que diz assim: quais são as denominações do Espírito Santo?

O catecismo diz que o Espírito Santo é nome próprio da Santíssima Trindade. Espírito Santo, sua missão é santificar. Jesus o chamou também com outros nomes. Chamou-o de Paráclito, que quer dizer “o consolador”. Jesus também chamou de advogado, aquele que intercede por nós. Jesus também chamou o Espírito da verdade. Prometeu-nos o Espírito da Verdade aquele que nos ajuda a descobrir a verdade, esta que nos liberta.

O Novo Testamento dá outros nomes belíssimos ao Espírito Santo. Chama-O de Espírito de Cristo. Claro foi Cristo que nos conquistou, que nos fez merecer o Espírito Santo, porque agiu e ajudou na obra redentora e Salvadora de Jesus. Espírito do Senhor. Aqui no caso no Senhor Jesus: o Kyrios, onde o Espírito Santo encontrou um campo extraordinário de ação.

O Novo Testamento chama também de Espírito de Deus. Vejam que nome bonito: Espírito de Deus. Espírito da Glória. Espírito da Promessa. Então são nomes diversos para a mesma pessoa.

Terceira pessoa de Santíssima Trindade. A terceira pessoa que tem como missão santificar. A terceira pessoa da Santíssima Trindade, que tem como missão no mundo santificar a Igreja, santificar-nos. Aquele que é alma da Igreja, aquele que conduz a igreja para viver na verdade. Aquele que intercede pela Igreja, com gemidos que nem se pode descrever. O Espírito Santo foi a maior conquista de Cristo para nós.

Sem o Espírito Santo não existiria Igreja, não existiria fidelidade, sem o Espírito Santo não estaríamos no caminho de Cristo, mas porque o Espírito Santo age, sabemos que não só através da santidade é possível escutarmos a Palavra de Cristo com a mesma força, com o mesmo vigor, com a mesma capacidade de formar corações, como quando foi proferida pela primeira vez.

E quantos santos nos testemunham isso, que ao ler um versículo da Bíblia suas vidas mudaram. Ação do Espírito Santo em seus corações. E nós mesmos, quando olhamos para trás, e depois identificamos como é que fui capaz de falar aquilo e pensar aquela outra coisa, depois daquela oração que eu fiz. E concluímos muito humildemente: foi o Espírito Santo que agiu em nós. Foi o Espírito Santo que falou por nós. Foi o Espírito Santo que nos deu a capacidade de discernir aquela verdade. Foi o Espírito Santo, cuja verdade nós sozinhos não teríamos tido a capacidade de alcançar.

Para que o Espírito Santo encontre um coração muito aberto em você e possa transformá-lo.

Comentários