Quem são os fiéis?
Sexta, 08 de Setembro de 2017

Meus amigos e minhas amigas! Refletindo sobre a Igreja, refletindo sobre os apóstolos, chegamos agora aos fiéis.

Ao capítulo intitulado fiéis: hierarquia, leigos, vida consagrada. Então nós começamos com a pergunta: quem são os fiéis? Quantas vezes você ouviu estas palavras, os fiéis da Igreja. Quem são estes fiéis? É você, sou eu, são todos aqueles que, incorporados pelo Batismo a Cristo, são constituídos membros do corpo de Deus. Incorporados, poderíamos dizer. Enxertados no corpo de Cristo.

Nos tornamos membros do povo de Deus. Povo de Deus é aquele povo que caminha conduzido por Cristo. Na força do Espírito Santo, a caminho do Pai.

Este povo nasce pelo Batismo. Pelo Batismo vai incorporando, vai aumentado o número daqueles que entram neste povo. Que estão unidos, portanto, a Jesus Cristo.

E o Compêndio continua tornando-os participantes, segundo a sua condição sacerdotal, profética e real de Cristo. São chamados a exercer a missão confiada por Deus à Igreja. Então quando se fala de Igreja, não se está falando aí de uma realidade invisível, em que nós não somos capazes. Incapazes de detectar onde está. Sim, ela é a cabeça que não vemos, que é Jesus Cristo.

Mas este corpo somos nós, sou eu, é você que faz parte, porque muitas vezes a gente fala ou ouve falar de Igreja como se fosse uma realidade fora. Por que a igreja não faz isso? Por que a Igreja não faz aquilo? Mas nós devíamos nos perguntar por que nós não fazemos isso. Por que nós não fazemos aquilo.

A Igreja sim tem a hierarquia, aqueles que a dirigem. Tem também os religiosos que a santificam. E lembra a realidade da outra vida. Mas a Igreja é formada por cada um que foi batizado e incorporado a Cristo. O Compêndio diz mais entre os fiéis, subsiste uma verdadeira igualdade, na sua dignidade de filhos de Deus. Então o que nos distingue é que somos filhos de Deus.

E como filhos temos a mesma dignidade. E como filhos temos a mesma igualdade. E na Igreja, os serviços e responsabilidades não são para enaltecer a vaidade de alguém. Na Igreja recebemos uma missão, responsabilidades, carismas para o bem do corpo.

A autoridade deve ser exercida segundo o exemplo de Cristo, que na última ceia se abaixou para lavar os pés dos discípulos. Com isto, Jesus deixou claro: na Igreja todos têm a mesma dignidade, porque todos somos filhos de Deus.

Não importa a cultura. Ou não importa o cargo que exerce. E devem exercer, e esta é a marca que devem exercer, a sua missão com amor. Então o amor é a marca de todos os fiéis. De todos os que foram incorporados a Cristo pelo Batismo. Para que o amor domine todas as suas decisões. Para que o amor domine todos os seus pensamentos. Para que o amor domine todo o seu coração.

Comentários