Os Três Aspectos Humanos
Sexta, 24 de Julho de 2015

Para entendemos um pouco mais a essência humana, é interessante considerarmos o ponto de vista que considera o ser interno do homem sob três aspectos: o corpo, a alma e o espírito. Essa era a forma trivial que os filósofos gregos antigos e até mesmo o apóstolo Paulo consideravam em suas explicações a cerca da dissecação da essência humana, já que a divisão setenária dos hindus era muito complexa naqueles tempos.
O homem é um ponto de consciência na essência divina de onde todas as coisas emergem. Por representar esse ponto na unidade, muitas vezes é entendido como uma individualidade capaz de se distanciar ou se dissociar de tudo o mais que está à sua volta. Mas isso não é possível, não passa de uma ilusão causada pela visão focada exclusivamente no plano material, unicamente em seu corpo físico. Pois saibam que o homem não é só corpo. É muito outras coisas que nossos meros cinco sentidos são incapazes de perceber ou captar. No mínimo, em nossos tempos atuais, devemos considerar que o homem tem um corpo, uma alma e um espírito.
Ao corpo físico nossa consciência já está despertada, tanto é que ninguém é capaz de negar que ele representa pelo menos uma realidade perceptível e palpável aos nossos cinco sentidos, à ciência moderna que tanto se desenvolve buscando o seu domínio e melhoria. Entretanto, quando falamos da alma ou do espírito, todos caímos em nossas opiniões e crenças que meramente refletem os estágios evolutivos das culturas às quais estamos inseridos.
A ciência moderna evita avançar no campo de observações e mensurações extrassensoriais por causa dos preconceitos de seus pesquisadores. E muitas facções religiosas não admitem que o divino possa ser apreciado e vivenciado pelo espectro das leis naturais que através dele se manifestam. Mantêm-se enraizadas em seus inquestionáveis dogmas sem permitir que o espírito da unidade se desenvolva. Basta verificarmos as guerras religiosas milenares que ainda hoje ameaçam a própria humanidade.
Pois bem, quando todos acreditarem que o homem possui uma alma, uma aura ou campo de energia no nível astral, um veículo de emoções e desejos que precisa ser educado e disciplinado tal qual o corpo físico de um bebê que vem a este mundo, quem sabe os programas educacionais passem por modificações estratégicas para o bem e felicidade de todos. Talvez os investimentos, as leis de diretrizes orçamentárias, os governos, os empresários, os políticos e líderes sociais mudem suas mentes e prioridades e cuidem mais do que é humano, psicológico, ecológico e espiritual...
Boa semana a todos!

Comentários