O Ano não Acabou
Sexta, 16 de Dezembro de 2016

A vida é um ato contínuo! A cada novo dia uma nova batalha, mas também uma nova dádiva!

Pelas ruas, corredores e repartições, vemos pessoas desanimadas, desestimuladas, desacreditadas e conformadas demais com ilusórios destinos, vivendo sem a motivação necessária que é preciso ter! Muitos já estão entregando as forças, esperando o ano acabar para buscar ânimo só em 2017…

Puxa! Cada dia é um novo dia! Quem disse que é preciso esperar o calendário zerar para iniciar novos projetos, para começar a mudança na vida que tanto se faz necessária?

Tudo bem que as convenções são harmonizadoras e disciplinadoras, tendo suas razões e energias unificadoras, mas a cada um de nós é dado o livre-arbítrio para avançar a melhores patamares de vida, a cada segundo que se passa. Não é porque a partida está se encaminhando para o final que aquele gol da virada não possa acontecer aos 47 minutos do segundo tempo!

A vida que desejamos deve acontecer agora! A cada novo dia, temos que dar aquele passo importantíssimo em direção aos nossos sonhos! Nada de postergar a nossa felicidade como se ela tivesse tempo e prazo para se manifestar, para acontecer! A felicidade não se revela no fim do caminho. A felicidade é o caminho…

Mesmo em dificuldades, devemos manter a alegria e a vontade diárias que nos impulsionam até nossos sonhos. Se estamos endividados, devemos fazer diariamente algo estratégico que nos possibilite saldar no futuro todos os nossos compromissos, mantendo o otimismo e a felicidade a cada dia que se cumpre com esse propósito. Se estamos doentes, com dores físicas ou psicológicas, devemos fazer algo inteligente todos os dias para melhorar nossa saúde, cultivando a cada instante um sentimento de felicidade por se estar buscando com determinação a paz tão necessária internamente.

Este fazer algo exige, é claro, fé, dedicação e discernimento. Se não se conhece o caminho que leva a saldar as dívidas, ou que leva a se ter saúde e paz de espírito, deve-se buscar ajuda de quem tem experiência nessas áreas. Não é “feio” pedir ou receber ajuda. Apenas se deve ter consciência de que, no final das contas, compete a cada um se tornar o grande responsável pela manutenção das próprias alegrias e estabilidades físicas, emocionais e mentais.

Todo rancor, ódio, medo, inveja, mentira e prática desonesta para consigo mesmo e para com os demais devem ser extirpados para se viver em paz e feliz a cada instante de vida. Não é um conselho, é uma verdade tão lúcida e clara, enunciada e vivenciada por todos os grandes mestres da humanidade.

Nada de deixar para amanhã o que pode ser feito hoje. Não espere virar o ano para se sentir renovado. Absorva a energia do sol diariamente, sinta sua luz nesses dias tão intensos de verão, respire profundamente a cada instante, escolha uma vida saudável, sorria com os olhos sempre, acredite em quem realmente és e nos sonhos que tens por realizar. Assim, a motivação te acompanhará eternamente e serás feliz pelo que hoje amas e fazes.
 

Comentários