Liceu Cultural (Parte 3)
Sexta, 10 de Fevereiro de 2017

A Associação Cultural Atena vale-se dos ensinamentos clássicos para tentar impor um novo ritmo de comportamento ético-sócio-cultural entre seus associados e colaboradores. Artes, Ciências, Políticas, Religiões e Filosofias são algumas das áreas do conhecimento que possuem uma riqueza incontestável para se estabelecerem estudos, projetos, cursos e palestras integradas a fim de proporcionar uma nova visão de mundo para aqueles que estão dispostos a contribuir para o bem de todos.

Os ensinamentos clássicos são muito valorosos pelo impacto e embasamento que proporcionaram para toda a civilização ocidental há mais de dois mil anos. Na história das ideias, por exemplo, Platão (427-347 a.C.) foi o primeiro pedagogo, não só por ter concebido um sistema educacional para o seu tempo, mas, principalmente, por tê-lo integrado a uma dimensão ética e política. O objetivo final da educação, para o filósofo grego, era a formação do homem moral, vivendo em um Estado justo.

Platão foi o segundo da tríade dos grandes filósofos clássicos, sucedendo Sócrates (469-399 a.C.) e precedendo Aristóteles (384-322 a.C.), seu discípulo. Como Sócrates, Platão rejeitava a educação que se praticava na Grécia em sua época e que estava a cargo dos sofistas, incumbidos de transmitir apenas conhecimentos técnicos - sobretudo a oratória - aos jovens da elite, para torná-los unicamente aptos a ocupar as funções públicas:

“Os sofistas afirmavam que podiam defender igualmente teses contrárias, dependendo dos interesses em jogo”, diz Sérgio Augusto Sardi, professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. “Platão, ao contrário, pensava em termos de uma busca continuada da virtude, da justiça e da verdade.” Para ele, “toda virtude é conhecimento”. Ao homem virtuoso, segundo o filósofo, é dado conhecer o bem e o belo. A busca da virtude deve prosseguir pela vida inteira - portanto, a educação não pode se restringir aos anos de juventude. Educar é tão importante para uma ordem política baseada na justiça - como Platão preconizava - que deveria ser “tarefa de toda a sociedade”.

O projeto “Liceu Cultural” da Associação Cultural Atena (ACA) surge justamente em face de todo esse conhecimento e de toda uma necessidade verificada no meio social. Ao mesmo tempo em que o projeto - através da formação cultural - apresenta meios para despertar e desenvolver o espírito de cidadania e liderança no ser humano, busca também incentivar adolescentes para o exercício da prática de ações socioculturais na medida em que exige, dos mesmos, comportamentos de participação, organização, fraternidade, tolerância, conhecimento, cidadania e liderança.

Na próxima semana, iremos detalhar mais sobre o que prevê o projeto. Até lá!

Comentários