A Música dos Anos 60
Sexta, 06 de Junho de 2014

Alguns movimentos socioculturais se tornam tão internacionais e clássicos que nem o tempo pode apagar. Um deles é o vivenciado nos anos 60, especialmente o ocorrido na primeira metade desta década. Foi uma época marcada por um sabor de inocência e até de lirismo nas manifestações socioculturais. Algo que talvez hoje esteja em falta...

A década de 60 teve grandes revoluções comportamentais, tais como o surgimento do feminismo e os movimentos civis em favor dos negros e homossexuais. O próprio Papa João XXIII abriu o Concílio Vaticano II e revolucionou a Igreja Católica. Foi uma década que começou com grande prosperidade principalmente nos países ricos. Uma década em que começaram as transmissões de TV em cores no mundo, em que Record lançou o programa musical, “Jovem Guarda”, apresentado por Roberto Carlos, com Erasmo Carlos e Wanderléa. E pelo mundo afora, a música característica contagiou jovens, adultos e crianças. Beatles, Stones e Elvis são só alguns exemplos dos artistas musicais que provocaram verdadeira febre nas massas adolescentes das mais diversas nações. 

Quem viveu pode contar a história... Quem não viveu, pode voltar no tempo e experimentar o que mais de emocionante tocou os corações alados. Estamos falando do ritmo, harmonia e melodias das músicas desta época, do glamour e da brilhantina, da moda e das roupas características, da festa de arromba, com toda a segurança e respeito daquela época, estamos falando do “17º Baile dos Anos 60” que mais uma vez acontece aqui em Frederico Westphalen, neste sábado, dia 7 de junho de 2014, no Clube Harmonia, mais de cinquenta anos depois.

O Rotaract Club e todos os apoiadores e patrocinadores estão de parabéns por resgatarem este evento que é muito mais que um baile, é realmente uma volta aos bons tempos idos, sem nostalgia, com o espírito de pura diversão e alegria. E a “Banda Alkalina”, da qual o presidente da Associação Cultural Atena faz parte, promete animar a noite inteira os participantes ao ritmo dançante do bom e contagiante rock dos anos 60. Os amigos da “Banda Revolver” de Porto Alegre também prometem estar presentes para fazer uma participação especial! A música será o combustível para os sedentos de emoção, para os dançarinos do iê-iê-iê que desejam virar a noite rodando pelo salão...

Hey, come on! Let’s go! Do you wanna dance? 

Comentários