Orientação alimentar (parte 4)
Sexta, 08 de Abril de 2016

GORDURAS:

As gorduras são importantes na nossa alimentação, pois elas são necessárias para a construção das nossas células, as quais são renovadas diariamente. As mais recomendáveis são as de origem vegetal, como o óleo de canola, de oliva, de abacate e de algumas sementes, principalmente a soja, o feijão e o amendoim. Há necessidade diária de um pouco de gordura, uma vez que algumas vitaminas, como D, E, A e K, essenciais em nossa vida, somente são absorvidas na presença delas. Tenha cuidado, pois embora as gorduras sejam necessárias em nossa alimentação, são altamente calóricas, sendo que uma colher de azeite de oliva contém nada menos do que 140 calorias.

As gorduras são classificadas em 4 categorias:

*Monoinsaturadas: encontradas no óleo de canola, de oliva e nas nozes, são recomendáveis, sempre em pequenas quantidades, pois baixam o colesterol ruim e elevam o colesterol bom. Falamos em especial do azeite de oliva, que possui alto teor de antioxidantes, derivados fenólicos, vitamina E, esteróis livres e esqualenos, que aumentam o bom colesterol e exercem um efeito protetor sobre as artérias.

*Poli-insaturadas: encontradas nos óleos vegetais, milho, algodão, girassol, arroz e soja. Reduzem o colesterol ruim, sem aumentar, contudo, o bom colesterol.

*Saturadas: encontradas em produtos animais, carnes, laticínios, manteiga e ovos. Aumentam o colesterol ruim no sangue e elevam o risco de doenças cardiovasculares. Devem ser ingeridas com muita moderação.

*Gorduras trans: Encontradas nas margarinas, gorduras vegetais sólidas, nas bolachas, massas e chocolates. São as piores, pois aumentam o colesterol ruim e baixam o bom, aumentando muito o risco de doenças. Devem ser evitadas ao máximo. Alguns países proibiram seu uso.

DOCES:

Os doces, bolachas, bolos, balas e refrigerantes, por possuírem açúcar, são altamente calóricos e praticamente não acrescentam nada em termo de alimentação. Devem ser evitados, a menos que seja necessário o ganho de peso ou a recuperação de doenças e de cirurgias.

Seguindo as informações transmitidas nesta e nas três colunas anteriores, creio que seja possível alimentar-se adequadamente. Aproveite o prazer dos alimentos e VIVA MELHOR.

Comentários