Anemias (2ª parte)
Sexta, 24 de Outubro de 2014

 

A anemia pode surgir por três causas: falta de ingestão ou de absorção  de ferro, vitaminas B e de proteínas, que são os componentes da hemoglobina, por perda excessiva ou por deficiência ou doença dos órgãos que produzem o sangue como é o caso da medula óssea, principalmente. Como as doenças que determinam pouca produção de hemácias são pouco frequentes e de difícil diagnóstico iremos abordar as duas primeiras que são a falta de alimento e a perda de sangue.

Não ingerir alimentos com ferro é muito frequente nos dias de hoje. Os alimentos que mais tem ferro e vitamina B são carnes, feijão, folhas verdes escuras, embutidos, melado de cana, beterraba e alguns outros. Pessoas que cozinham em panela de ferro são menos sujeitas a esta falta uma vez que ao cozinhar parte  do ferro da panela se desprende para os alimentos.

A vida moderna trouxe modificações no costume alimentar de nossa população devido em primeiro lugar a falta de ambiente ou de estrutura para cozinhar alimentos ricos em ferro e proteína pois preparar um feijão, um bom bife dá trabalho e ocupa tempo cada vez mais escasso na vida das pessoas. Em restaurantes que cobram por peso, estes são os alimentos mais caros e por vezes são evitados. As pessoas dão preferência por pão, manteiga ou margarina, massas, bolachas todos com baixo teor de ferro. Este fato é agravado nas pessoas idosas, que por comodismo ou por serem solitárias cada vez gastam menos tempo na preparação das refeições.

Dentro da causa alimentar temos ainda a falta de absorção, ou seja, de aproveitamento dos alimentos. Este fato ocorre em diversas situações. Pessoas que fazem uso de muitos medicamentos como os protetores gástricos tipo omeprazol, usam excessivamente chás verdes nas refeições e outros medicamentos que interferem na absorção do ferro e das vitaminas. Também se encontram nesta situação pessoas que se submeteram à retirada do estômago, à cirurgia para obesidade e para o diabete e a cirurgias de ressecção do intestino e que não obedecem a orientação dos médicos que receitam regularmente suplementação vitamínica. Pessoas portadoras de diarreia crônica que devido à rápida passagem do alimento pelo tubo digestivo não permite uma boa absorção dos alimentos também podem desenvolver anemia por falta de ferro. (continua na próxima semana).

Comentários