Construindo império imobiliário com pouco dinheiro
Sexta, 18 de Abril de 2014

Contraditório, “império” representa grandeza, poder e não combinaria com pequeno valor em dinheiro. Fato perceptível aos olhos e credo do investidor brasileiro que precisa ter maior consciência sobre “investimentos” e isto dar-se-á através de educação financeira. 

Para entendermos a construção patrimonial de escala e ou através de imóveis, se faz necessário atenuar dois fatores. Uma, a compra de imóvel não é cotidiana e sim de investimento e a outra a estratégia usada para definir a compra. 

Os investimentos independentes do gênero, em ações, em imóveis, veículos, áreas de terra, em moeda movimentam-se em ciclo. Movimento de acumulação e alta, movimento de euforia e posterior queda ou correção. 

O movimento de acumulação e alta caracterizado por fator macroeconômico, ou seja, aumento de renda da população, maior fluxo de crédito para o setor, área da construção aquecida. Na euforia o movimento é promovido por especulação, onde se acredita que os imóveis irão continuar valorizando sem limites, ocasionado o movimento crítico que é a queda do preço produzido pela oferta maior de imóveis, um aperto no crédito e desaquecimento da renda. A pessoa, aqui chamada de especulador que é movido pela euforia de não ficar fora da festa da alta dos preços, efetiva o negócio visualizando a valorização já ocorrida e com o intuito de desfrutá-la na próxima semana.

A incógnita de entender e identificar o estágio vivenciado do ciclo, certamente não é simples, é movido pela informação e capacitação do investir, algo visto em pequena parcela de pessoas. Para nós, meros mortais, existe a possibilidade de direcionar e indagar um profissional capacitado e capacitarmos.

Fato e historicamente que toda a queda ou correção em uma economia ou forma de investimento não retorna a patamares iniciais. Entende-se aqui o investimento pautável coerente eliminando a especulação. 

Em cheque, o império mobiliário com valores pequenos promover-se-á pelas formas alternativas disponíveis no mercado hoje existentes, tais que podem ser os FII (Fundos de Investimento Imobiliários), pequenos imóveis em áreas com aquecimento econômico, sempre calcado a comparativos com alternativas de remuneração disponíveis. 

Compararmos, somos expert no assunto. Intrigante que não usamos nos meios econômicos. 

Comentários