1 ano de coluna
Sexta, 20 de Março de 2015

Nesta semana, estou escrevendo nosso texto com uma mistura incrível de sentimentos, pois estou completando um ano como colunista do jornal Folha do Noroeste e olhando todo esse tempo, vejo que a cada dia, mais pessoas estão acompanhando nosso texto semanal e me sinto muito feliz de poder compartilhar as minhas opiniões, ideias e um pouco da minha vida com a comunidade que todas as semanas me retorna em forma de abraços carinhosos, palavras de afeto. Isso com certeza é o combustível necessário para que eu possa continuar tranquilo de que estou no caminho certo.

No dia 14 de março de 2014 foi publicada a primeira coluna, esta que possui um tema geral, cultura, lazer, música, esporte, curiosidades, aventuras e faz com que as pessoas possam não apenas ler, mas entrar a cada semana em um assunto diferente e claro, se aproximar também do colunista e do próprio jornal.

Sou grato primeiramente ao jornal Folha do Noroeste, por me conceder este espaço todas as semanas, para que possa sempre estar em contato com meus queridos leitores, que a cada dia está aumentando. Me sinto honrado ao saber que existem pessoas que ao pegar o jornal, vão diretamente ao nosso texto antes de ler qualquer outro assunto. Me sinto muito feliz ao ver professores usando nosso texto sobre artes, educação, cultura dentro das salas de aulas. Sou grato a todas as pessoas que enviam e-mail ou mesmo pessoalmente elogiam ou até mesmo criticam nosso texto. Tenho certeza de que isso me faz crescer muito. Me sinto muito feliz por fazer parte deste jornal que a cada dia cresce e leva algo precioso para a nossa comunidade que é a informação.

Quero agradecer a você leitor, que todas as semanas acompanha a nossa coluna, você é a razão pela qual escrevo todas as sextas-feiras e sou grato a vocês por essa oportunidade, pois a cada texto escrito, são novos aprendizados que tenho, novas amizades que faço e novos sentimentos são compartilhados, pois não é somente escrever, é se envolver, é querer aproximação com os leitores, é querer prender e principalmente é deixar o gostinho de quero mais. E é com este espírito de renovação, de carinho e principalmente de gratidão que faço este texto de 1 ano da nossa coluna e peço que continue comigo todas as sextas-feiras acompanhando nosso trabalho e fazendo da leitura um momento especial de aprendizado e de conhecimento. É por você meu querido leitor que escrevo todas as sextas-feiras. 

Muito obrigado pelo carinho e companheirismo!

Comentários