Música gaúcha: Uma das nossas maiores riquezas
Sexta, 18 de Setembro de 2015

No próximo domingo estaremos comemorando mais uma vez o dia do Gaúcho, este que é um dia histórico e faz parte da cultura do Rio Grande do Sul. A celebração desta data inicia através de festividades durante toda a Semana Farroupilha, encerrando no feriado de 20 de setembro. Nesta data celebramos muitas conquistas, muitas tradições e muitos dos orgulhos do nosso estado, sendo um deles a nossa música gaúcha.

A música gaúcha nasceu de uma mistura das culturas populares do Uruguai, Argentina e Paraguai com a cultura própria do sul do Brasil e possui em suas letras o amor pela sua terra, pelo cavalo, pelo campo, pela mulher e por seus valores. Possui também, em suas composições, uma linguagem própria, cultural e cheia de metáforas, o que faz com que muitos termos sejam desconhecidos na linguagem popular.

As músicas gaúchas buscam rimas perfeitas sempre em conjunto com melodias, fazendo uma dramatização dinâmica entre as origens e as paixões pela terra e pelo estado do Rio Grande do Sul. É emocionante ouvir canções que falam do nosso povo, das nossas tradições e do nosso dia a dia.

Os principais ritmos tocados na música gaúcha são a milonga, vaneira, valsa, chamamé, entre outros. Eles formam uma mistura de músicas mais lentas, aquelas que agitam os bailes e fazem a alegria de todos os peões e prendas que dançam e dão vida à música gaúcha na troca de passos ao redor do salão.

Além do nativismo e do tradicionalismo, que são os mais conhecidos, temos também o tchê music. Este possui uma polêmica quanto ao canto gaúcho, pois muitos tradicionalistas acreditam que os artistas do gênero não tocam mais a música raiz, a música típica gaúcha, pois querem apenas modernizá-la ao colocar outros ritmos nacionais e internacionais. Mas o tchê music é um estilo que busca apenas aproximar a música gaúcha dos mais jovens e daqueles que não são tão próximos da cultura gaúcha, e é um estilo dentre os tantos que existem dentro do nosso Estado.

O estado do Rio Grande do Sul é muito rico em sua cultura e sinto um orgulho enorme de ser gaúcho. Não demonstro no dia a dia com a pilcha, mas o amor ao meu estado está nas canções gaúchas que canto. Nosso povo é aguerrido e bravo, é um povo que honra as suas virtudes e que tem amor por esta terra. Desde pequenos cultivamos as nossas tradições e isso nos enche de orgulho. A todos nós, gaúchos e gaúchas, desejo um ótimo 20 de setembro, que possamos ter sempre essa raça e que nunca percamos a fé e esta riqueza que é o amor pela tradição e pela cultura gaúcha.

Comentários