A arte de fazer sorrir, chorar e se emocionar
Sexta, 30 de Maio de 2014

Leitores, nesta semana escrevi um texto voltado à arte circense, essa que está crescendo a cada dia e que faz a todos sorrirem, se impressionarem e fazem de poucos minutos inesquecíveis.

O primeiro registro dessa arte no mundo foi no século 6 a.C quando era inaugurado o Circus Maximus este que possuía uma capacidade para 150 mil pessoas e a atração principal eram as corridas de carruagens, e que, com o tempo, foram acrescentadas as lutas de gladiadores, as apresentações de animais selvagens e de pessoas com habilidades incomuns, como engolidores de fogo. Depois de um incêndio esse anfiteatro foi substituído pelo Coliseu cujas ruínas se fazem presente na cidade de Roma até os dias atuais.

No Brasil, a chegada do circo se dá a vinda dos europeus no século 19 onde se agrupavam em guetos e manifestavam sentimentos diversos através de interpretações teatrais onde não demonstravam apenas interesses individuais, mas despertavam consciência mútua. Uma curiosidade é que os ciganos são totalmente ligados à arte circense, pois viajavam de cidade em cidade e faziam apresentações e adaptavam os espetáculos ao gosto da população local. O novo circo é um movimento recente que adiciona às técnicas de circo tradicionais a influência de outras linguagens artísticas como a dança e o teatro, levando em conta que a música sempre fez parte da tradição circense.

Um circo é uma companhia em coletivo que reúne artistas de diferentes especialidades, como malabarismo, palhaço, acrobacia, monociclo, contorcionismo, equilibrismo, ilusionismo, entre outros.

A palavra também descreve o tipo de apresentação feita por esses artistas, normalmente uma série de atos coreografados à músicas. Um circo é organizado em uma arena circular, com assentos em seu entorno, enquanto circos itinerantes costumam se apresentar sob uma grande tenda ou lona.

O circo é uma forma de expressão cênica que não se resume apenas em um espetáculo. Essa arte apresenta uma das linguagens que, conjuntamente com o teatro, com a dança e com a ópera compõem as artes cênicas, por isso é considerada uma forma de manifestação artística plural. A imagem e o brilho circense, muitas vezes, ficam gravados na memória do público, para a eternidade devido à magnitude desse espetáculo.

No contexto lúdico, o circo é o lugar das artes realizarem proezas. Espetáculos de alegria, força, superação, magia, humor, beleza e coragem. Neste lugar, o público ri, chora e se emociona.

Quando se fala em circo se imagina domadores de leões, tigres entre outros. Hoje há muitos estabelecimentos que são proibidos de possuírem animais de grande porte pois não possuem estrutura para cuidarem de forma adequada dos animais, mas há grandes circos que possuem espetáculos com animais ferozes que são cuidados por biólogos e possuem treinamento para as apresentações.

Não posso deixar de citar o grande e famoso Cirque de Soleil esse que esteve no Brasil em cinco oportunidades e é conhecido como “o circo moderno”, com certeza somente os melhores artistas do mundo estão presente nesse elenco. 

Em nosso município estamos tendo a oportunidade de apreciar esta arte com a vinda do Circo Metropolitano, com certeza é um momento diferente e que faz do nosso dia um pouco mais feliz. Vamos aproveitar e apoiar a chegada desses artistas que levam a beleza e a magia do circo para cada cantinho do nosso país.

Um grande abraço a todos!

Comentários