Em tempos difíceis...
Sexta, 13 de Fevereiro de 2015

Bom dia mui amados leitores. O que esperar de um país que atravessa um momento difícil em termos sociais, políticos e econômicos?
Aprendiz: Mestre, diariamente, os meios de comunicação têm informado que o país está entrando num processo de recessão da economia. O que é a recessão e quais as principais consequências para a população?
Mestre: A recessão econômica é um fenômeno associado aos processos do mercado capitalista devido à queda na produção geral, reduzindo o Produto Interno Bruto (PIB) em períodos consecutivos, exemplos: redução do PIB durante dois trimestres. Como consequências: diminuição dos lucros das empresas, aumento na carga laboral, aumento no desemprego, redução de salários, redução na oferta de créditos e aumento nas taxas de juros, redução no sistema de compra e venda; aumento no risco da depressão econômica, desvalorização da moeda, aumento da evasão de investidores, redução na arrecadação dos governos (Federal, Estadual, Municipal), redução nos investimentos da nação, como nas áreas da Educação, Saúde, Segurança, Transporte e Produção de Alimentos, aumento da pobreza e da violência, entre outras, e aumento nos impostos, nas taxas e contribuições.
Aprendiz: Mas a nação irá se recuperar andando para trás, sem investimentos? O que poderia ser feito?
Mestre: Justamente o contrário, ou seja: aumentar a oferta de empregos para aumentar a contratação que viabilizará o aumento na produção e consumo para reaquecer a economia, reduzir os impostos trabalhistas, reduzir a jornada de trabalho individual para propiciar mais vagas e oportunidades de emprego, investir na educação e qualificação profissional, reduzir as cargas tributárias e combater a corrupção, entre outras medidas urgentes.
Aprendiz: Mas como uma nação tão pujante, tão rica em recursos naturais pode entrar nesse processo de recessão?
Mestre: O sistema de desenvolvimento social, econômico, científico, cultural do país está atrelado, condicionado ao bel prazer das políticas dos governantes, os quais são eleitos pela maioria dos votantes (povo).
Aprendiz: Mas para que os governantes são eleitos? Não são eleitos para cuidar, proteger e promover o desenvolvimento da nação através de leis, projetos e ações que beneficiem a todos (bem de todos e felicidade geral da nação)? Existe alguma lei que eles deveriam conhecer ou a eles seria dado o direito de desconhecer alguma Lei? O que protege a nação mestre?
Mestre: A princípio, o que protege uma nação é a Lei maior a que foi constituída pelos representantes da nação. “Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembleia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte Constituição da República Federativa do BRASIL” (5/10-1988). A proteção só existe de fato quando os preceitos da Lei são exercidos por todos. Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários