Como se constrói uma nação?!
Sexta, 05 de Junho de 2015

Bom dia mui amados leitores, em decorrência de muitas tribulações no país, como discórdias políticas, uso da máquina estatal para fins de campanhas publicitárias de filosofias partidárias, publicitação de escândalos políticos, sexuais e financeiros, publicitação da corrupção – nos setores públicos e privados – como “anomalia normal” do ser humano e, consequentemente, da sociedade. Busca de bodes expiatórios no seio da sociedade para explicar o avanço da violência geral no país devido ao estado de falência nos setores da Educação, da Cultura, da Assistência Social e outros, como por exemplo: no caso da redução da maioridade penal.
Enfim, são tantos os bombardeios de informações diárias mal trabalhadas à turbamulta que esquecemos qual é a base para a construção de uma nação livre, próspera, soberana e democrática de direito.
Aprendiz: Mestre, quando vejo as formiguinhas tranquilas construindo um formigueiro e outras carregando folhas para dentro dele para manter a estrutura física e alimentar da sua sociedade de insetos; penso: como as formigas conseguiram construir uma sociedade tão bem organizada e que as permite viver há mais de cem milhões de anos?! Como elas conseguiram construir essa grande nação de formigas que está presente em quase todas as regiões do planeta?
Mestre: As formigas possuem uma estrutura social muito bem arranjada em castas, nas quais cada ser vivo foi preparado para exercer uma função específica para manter a ordem, o crescimento e a prosperidade da sua sociedade. Por exemplo: a rainha tem a função de gerar novas formigas, até 40 mil ovos por dia; as obreiras são responsáveis pela busca de alimentos para todos.
Aprendiz: Então, fazendo uma analogia aos seres humanos, quem são os construtores de uma nação?
Mestre: Ótimo questionamento, pois diante de tanto tumulto nos setores sociopolítico e econômico do país é possível esquecermos a base da solidez e da prosperidade de uma nação. Pois bem, diga-me qual é a base da sociedade?
Aprendiz: A família.
Mestre: E qual é a base do sustento, da geração econômica na organização familiar?
Aprendiz: É o trabalho.
Mestre: Sim, é justamente pela organização das forças nas diversidades de trabalhos da organização social humana que se constrói e se alcança a prosperidade de uma nação. Assim como na sociedade das formigas, a sociedade humana deve prever e prover todos os meios e condições para que todas as pessoas consigam crescer fortes e saudáveis para se desenvolver (corpo, mente, alma) e ocuparem os seus lugares na organização social do país, bem como dar garantias legais às pessoas através de ações do Legislativo, Executivo e Judiciário. Lembrando que, diferentemente das formigas que vivem apenas pela sobrevivência e perpetuação da espécie, todos os seres humanos têm assegurado na Constituição o direito à vida digna. Portanto, a base de construção de uma nação forte, próspera é, primeiramente, através da dignificação da vida humana para os trabalhos futuros. Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários