PROGRAMA GERA
Sexta, 18 de Dezembro de 2015

Bom dia mui amados leitores. Quantos projetos e programas de desenvolvimento sustentável são executados nos governos: Federal, Estadual, Municipal?

Aprendiz: Mestre, o que é Desenvolvimento Sustentável?

Mestre: Teoricamente é um modelo capaz de gerar o desenvolvimento de um município, estado, nação através de políticas e ações que primam e zelam pelo desenvolvimento humano para o desenvolvimento econômico, assim como promovem o desenvolvimento econômico para o desenvolvimento humano com zelo, proteção e cuidados preservacionistas do meio ambiente (água, solo, ar, ecossistemas) assegurando que este meio ambiente terá as condições (bióticas e abióticas) para a manutenção da vida no planeta e o desenvolvimento das futuras gerações.

Aprendiz: No passado se ouvia falar que para um município se desenvolver era preciso explorar ao máximo os recursos naturais em benefício de produtos manufaturados e que as prefeituras precisavam atrair as indústrias para os seus municípios. Esse tipo tradicional de desenvolvimento está longe de ser inserido no modelo da sustentabilidade, pois quando uma indústria se instala num município ela precisa de vários tipos de profissionais, desde os menos ao mais qualificado, com níveis de ensino variados. Entretanto, na região industrial, sempre se agregam pessoas menos qualificadas profissionalmente, desempregadas, a espera de uma vaga que poderá levar anos. Esse comportamento social tem formado os chamados bolsões de pobreza. Os bolsões de pobreza geralmente acabam servindo de focos promotores de diversos tipos de problemas nos municípios, como a violência. O que poderia ser feito para resolver a médio e longo prazo esses problemas sociais e, ao longo do tempo, promover o crescimento econômico e social com proteção ao meio ambiente?

Mestre: Como tu percebes, a teoria acerca do modelo ideal de desenvolvimento já existe: o modelo de Desenvolvimento Sustentável. Contudo, faltam metodologias mais adequadas para aplicar as teorias na prática. Também é necessário formar pessoas que não apenas entendam do assunto de modo informativo, mas de maneira formativa (graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado) e que tenham a boa vontade como sendo o motor propulsor para gerar os trabalhos de implantação do desenvolvimento sustentável. Mas, além disso, é necessário que os gestores tradicionais estejam aptos a aceitar a quebra de paradigmas da política tradicional a fim de permitir a participação ativa das Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão nas políticas decisórias à implantação de novos programas de desenvolvimento humano/social, produtivo/econômico e com as devidos cuidados e respeito ao uso do meio ambiente.
Aprendiz: E por acaso já existe no país algum programa deste tipo de desenvolvimento sustentável?

Mestre: Sim, recentemente foi criado o primeiro programa no país, é o Programa GERA da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) no campus de Frederico Westphalen em parceria do Ministério de Integração Nacional e mais 14 municípios, com o objetivo de gerar o Desenvolvimento Sustentável.

Aprendiz: E por que o Programa tem o nome GERA?

Mestre: Porque o Programa vai gerar a inclusão social e cultural, gerar a produção, gerar a inclusão produtiva, gerar rotas de produção e comercialização, gerar renda, gerar a valorização e a dignidade humana, gerar ações com sanidade ambiental para gerar a saúde de todos! Os docentes da UFSM, coordenadores, pelo Programa GERA são: Arci Dirceu Wastowski, Genesio Mario da Rosa, Jefferson Alves da Costa Júnior e Lorimar Francisco Munaretto. Tenham uma ótima semana e que Deus iluminem vossas mentes e corações!

Comentários