DNA: Universo Secreto da Vida
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017

Bom dia, mui amados leitores. O ano de 2017 nos trará muitas revelações.]

Aprendiz: O que é o DNA e por que essa estrutura é considerada a fonte biológica da vida? Quem descobriu o DNA?

Mestre: A beleza do conhecimento está em descobrir aquilo que Deus encobriu dos olhos da humanidade e, com seu sopro divino, espalhou nas dimensões do universo como semente da vida – (onde encontrá-las?). O DNA, estrutura proposta por dois iluminados da Biologia, Biofísica e Neurociência: James Watson e Francis Crick que obtiveram a premiação mais elevada da academia científica mundial, o Prêmio Nobel em 1962, após publicação do trabalho “Molecular Structure of Nucleic Acids” em 1953. O DNA é uma abreviação para a constituição química do Ácido-Desoxirribo-Nucleico, a principal molécula orgânica dos seres vivos. Esse composto orgânico é formado na essência atômica por Carbono, Hidrogênio, Oxigênio, Fósforo, Nitrogênio e contém bilhões de informações não reveladas, possui arranjo em espiral duplo formando a estrutura denominada de dupla hélice, onde uma das hélices é complementar à outra; bioquimicamente se tem quatro bases nitrogenadas: Adenina, Citosina, Guanina e Timina, sendo que Adenina se complementa com Timina e Citosina com Guanina. A disposição do DNA, a secreta molécula da vida biológica, satisfaz os princípios esotéricos reservados e conhecidos somente pelos mais elevados alquimistas; como os nobéis de medicina e fisiologia James Watson e Francis Crick (grão- vizires).

Aprendiz: Quer dizer que existe alguma relação entre a molécula da vida e ensinamentos dos sábios da antiguidade?

Mestre: Muito antes do sábio Abraão, Dhwty, era o detentor dos conhecimentos alquímicos do Universo e parte da sua sabedoria, força e beleza estavam simbolizadas no caduceu. O caduceu, estrutura mística e similar ao DNA também contém segredos que servem para o processo de evolução humana. Partindo-se do Muladhara ao topo da coroa iluminada, seu conhecimento possibilita ao ser bruto (profano, rude, egoísta, preso aos vícios, prazeres e estruturas de poder), elevar-se se conseguir passar pelas vinte e duas provações para, então, bater no portal da divindade e, dinheiro não abre o portal –“dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus” - Mateus 22:21. Em 2017 quem quiser continuar profano, profano será; mas quem quiser conhecer a divindade, terá que se preparar às tribulações que virão. Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários