Novo Estado
Sexta, 31 de Março de 2017

Bom dia mui amados leitores, o fim do Estado da Providência está providenciando o Novo Estado.

Aprendiz: Mestre: por que ministros, deputados, senadores, governadores estão fazendo os mesmos discursos? (Declarando que o Estado está falido.)

Mestre: O curso da história do país foi alterado. Lembras do Estado Novo de Getúlio Vargas em 1937? “Deve-se reajustar a política nacional para atender as necessidades econômicas e gerar um novo e forte país”. Mas essa nova política que está sendo implantada não tem nada de nova, apenas é a velha política criada pelos países que comandam o mercado (grandes blocos econômicos) e que detém a hegemonia na política mundial.

Aprendiz: Mas, o país está falido como dizem os representantes do atual governo?

Mestre: Como poderiam fazer as tais mudanças: modificar a Constituição, promover o enxugamento da máquina estatal, cortes orçamentários, aprovar leis para tercerizar amplamente as obrigações do Estado (Educação, Saúde, Segurança, Trabalho...), ou seja, desresponsabilizar o Governo maximamente, aumentar a arrecadação do Estado (impostos), parcelar e reduzir salários; reformular a previdência, o trabalho e traçar novas rotas nas atividades do Executivo, Legislativo e até mesmo no Judiciário para conseguir reestruturar a nova Economia, que afetará diretamente a área social, e realizar tudo isso sem gerar uma revolta na população? Como isto tudo poderia ser feito? O povo não precisa aceitar cem por cento o que os políticos dizem, mas se a dúvida surgir repetidamente na consciencia coletiva, manterá a população no campo do indefinido, neutralizando possíveis ações populares. Ainda, aquilo que o povo não vê, não acredita. Por que surgiram as denúncias de corrupção? Por que a Operação Lava-jato nasceu forte? Por que os escândalos na produção de alimentos? É claro que existiu a corrupção e que a Lava-jato é muito importante na revelação de escândalos e geração de processos que podem resultar na prisão de corruptos e na recuperação do que foi saqueado dos cofres públicos; assim como é importante consumir alimentos seguros; mas as mesmas foram agendadas para iniciar e terminar, tendo como principal finalidade a destruição de um sistema que não interessava nas esferas políticas superiores da ordem global.

Aprendiz: E que sistema era esse que deveria acabar?

Mestre: O sistema do Estado-providência, de outra forma, o fim do suposto Estado-Social no país. Ainda hoje falam e por muito tempo falarão aos quatro ventos que apenas um partido político foi o causador de toda a crise no país e que por isso as medidas políticas e econômicas que surgirão serão como um remédio amargo, mas necessário à sociedade. Mas a verdade está noutro campo, não vista e nem entendida pela população que não tem tempo e nem incentivos para estudar com qualidade...E o tal partido que se permitiu e foi seduzido à corrupção: foi o boi de piranha de carne forte e gorda. Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários