Outono: primavera brasileira
Quinta, 13 de Abril de 2017

Bom dia mui amados leitores. A humanidade é esquecida a cada nova promulgação em benefício dos velhos interesses econômicos.

Aprendiz: Por que a humanidade não evolui ao mesmo tempo em que a ciência e a tecnologia são melhoradas?

Mestre: Porque o ser humano acostumou-se a viver no mundo de projeções, de Maia, e os olhos esbugalhados se encantam na realidade de outros. A verdade vos libertará.

Aprendiz: Houve-se que está voltando o tempo dos atos inconstitucionais, mesmo legitimados por uma casta que não paga impostos e privilegia-se com os mesmos, e que será o ápice para a insurgência social contra os poderes do Estado. Será essse o caminho para melhorar a vida? O que deve ser feito?

Mestre: Qual mãe, qual pai quer ver seus filhos em confronto com seus irmãos, primos e parentes (próximos ou distantes), conterrâneos e compatriotas em combate? A violência nunca será o caminho para solução, muito menos para a evolução da humanidade. Se o ser humano quer evoluir, se quiser um mundo melhor, o caminho começa em si mesmo. Cada um tem que ser o epicentro da revolução de si mesmo, transforme-se para gerar um mundo novo, evoluído, melhore-se.

Aprendiz: Mas como uma pessoa pode revolucionar-se?

Mestre: Conheça-te primeiro, adentre nas profundezas do seu mar interior e encontre sua pedra filosofal para polir-se a fim de gerar a energia irradiante que verdadeiramente transforma o ser humano arcaico, bruto, em evoluído, assim como a humanidade. Realize a viagem de encontro ao sétimo céu, “intimum cordis”, percorrendo o caminho das flores que se abrem para a bondade humana ao divino. Encontre a semente e semeie a si mesmo cultivando rosas no seu jardim, cultive-se para gerar flores que se transformarão nos frutos de um mundo evoluído e melhor. O selo divino está na verdade e somente os justos e humildes se reunirão com o Altíssimo. (Baruch atah adonai Eloheinu).Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários