Amor pela nação
Sexta, 26 de Maio de 2017

Bom dia mui amados leitores. Aparentemente e dependendo do degrau, o contraditório de uns conjuntamente as campanhas de desmoralização de outros tentam ser mais importantes do que os magníficos trabalhos das mais importantes instituições do Brasil na atualidade. Cito: a Polícia Federal e o Ministério Público. Felizmente, a eficácia desses trabalhos pôde mostrar ao mundo um mar de lama existente no país, muito mais destrutivo do que o da Barragem de Fundão-MG. Assim, o único destaque que falta ser dado pelas mídias e de maneira honrosa neste triste episódio que envergonha o país, mas tão necessário à depuração, é quanto aos valorosos trabalhadores da Polícia Federal e do Ministério Público, a vocês: MUITO OBRIGADO! Ademais, restará dizer aos cidadãos honestos do Brasil que outros já passaram por aqui tentando semear a honestidade, a ética, a liberdade no rio da escuridão; guiaram-se pelo brilho das estrelas e na certeza de que Deus age em todas as coisas para o bem. “Tinham estes brasileiros muito amor pela nação, iniciaram com bravura a nossa libertação!(IM)”. E que assim seja! Para que nossos filhos se orgulhem de terem nascido na pátria mãe gentil. Pois, já raiou um fio da liberdade no horizonte do Brasil. O real herdeiro Augusto, conhecendo o engano vil, em despeito dos tiranos, quis ficar no seu Brasil. Ressoavam sombras tristes da cruel guerra civil, mas fugiram apressadas, vendo o anjo do Brasil. Mal soou na serra ao longe, nosso grito varonil, nos imensos ombros, logo, a cabeça ergue o Brasil. Filhos clama, caros filhos, e depois de afrontas mil, que a vingar a negra injúria, vem chamar-vos o Brasil. Não temais ímpias falanges, que apresentam face hostil: vossos peitos, vossos braços, são muralhas do Brasil. Brava gente brasileira, longe vá, temor servil, ou ficar a pátria livre, ou morrer pelo Brasil. Parabéns, oh brasileiros (honestos), já com garbo juvenil, do universo entre as nações resplandece(rá) a do Brasil. Autor: Evaristo da Veiga (Hino Constitucional Brasiliense/Hino da Independência-1822), com pequenas modificações. Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários