PAI DOS BRASILEIROS
Sexta, 21 de Julho de 2017

Bom dia, mui amados leitores. Neste contexto sócio-político e econômico, quem será capaz de defender os interesses legítimos do povo brasileiro?!

Aprendiz: Desde a derrubada do governo da ex-presidente eleita, em maio de 2016, que o país enfrenta mais problemas estruturais de ordem econômica, política e social. O desemprego já atingiu números superiores ao de países em crises no prenúncio da segunda guerra mundial, como os 12 milhões de desempregados nos EUA, os 6 milhões na Alemanha. Para agravar a situação de vida da população, as taxas de violência se elevaram em patamares jamais vistos neste país. Por que até hoje os atuais governantes não desenvolveram nenhum programa capaz de gerar empregos, colocar o país nos trilhos para a retomada de crescimento para eliminar esta imensa crise?

Mestre: A crise não é fictícia e nem específica a um seguimento da sociedade, a crise existe e afeta todas as pessoas e em todos os setores das atividades econômicas, desde o mais simples trabalhador até o presidente. De fato não existe programa para a criação de empregos, para a retomada do crescimento econômico e, consequentemente, para reduzir os índices de criminalidade. Para entender a aparente omissão do atual governo quanto às questões já citadas, deve-se conhecer a raiz que alimenta as atuais políticas governamentais. Há mais de 80 anos um governante se estabelecia para tentar equilibrar as diferenças sociais e econômicas, para estabelecer os interesses legítimos do povo, assegurando-lhes um padrão de vida digno através de medidas legais indispensáveis para o bem-estar dos trabalhadores e da população. Com muita dificuldade ele conseguiu implantar algumas medidas benéficas, porém, mesmo com os poderes de presidente, sucumbiu a forças maiores, tais como as milenares que limitavam a liberdade humana e usava o povo trabalhador como escravo. Atualmente, a mídia se fixou nas questões políticas e nos escândalos de corrupção (políticos, empresários); questões importantes e que devem ser resolvidas. Contudo, o tempo está passando e o foco principal não está sendo revelado adequadamente, pois, enquanto o povo grita pela falta de emprego, pela falta de dinheiro mínimo à subsistência digna (sem precisar roubar para viver), grita pela falta de educação, pela falta de saúde, pela falta de segurança e se desespera na morte de seus próximos, enquanto isso acontece, a carruagem do império passa, passando a borracha que apaga direitos fundamentais que vinham sendo conquistados há quase um século à emancipação do povo para o desenvolvimento harmônico do país. Ainda, nessa trajetória, os escribas da Casa Grande imprimem o novo (velho) destino legal ao povo no legítimo modo “deus dará”. Está chegando a hora de clamar por um pai dos brasileiros! Antes, porém, é preciso abrir os olhos da alma e clamar por Deus! Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários