VERDADEIRO CIDADÃO!
Sexta, 08 de Novembro de 2013

Bom dia mui amados leitores, sigamos nossa jornada nos Caminhos do Conhecimento.

Aprendiz: Mestre, recentemente, na Nova Canaã, a Receita Federal com a Polícia Federal deflagraram a Operação Protocolo Fantasma, que revelou um esquema fraudulento por uma grande quadrilha, que camuflava informações e até eliminava dívidas tributárias de empresas através do recebimento de propinas milionárias. A quadrilha funcionava em quase todo território nacional e, estima-se que tenha desviado cerca de um bilhão dos cofres públicos. Esse dinheiro que foi desviado pela quadrilha poderia ser utilizado em programas sociais, como: melhorias na Educação, na Saúde, nos Programas de Aceleração de Crescimento (PACs) do país. Mestre, vale a pena ser corrupto, tornar-se rico de forma ilícita para viver um tempo como um rei, usando verbas públicas (dinheiro do povo) ou à custa da ignorância e sofrimento dos outros?

Mestre: Primeiramente, diga-me qual é o fim dessas pessoas corruptas? 

Aprendiz: Bem, neste caso as pessoas corruptas foram presas pela Polícia Federal. Tem mais alguma coisa que pode acontecer mestre?

Mestre: Além da prisão por períodos de 2 a 8/12 anos, podem pagar multa e terem os bens familiares confiscados e até vendidos antes do final do julgamento, conforme a Lei 12.683/2012 (alienação antecipada). Portanto, aquela riqueza temporária sustentada com o dinheiro do povo, governo ou de negócios escusos, logo será substituída pela perda da liberdade, perda dos direitos e humilhação social. Sendo que o vexame é estendido aos familiares que, em alguns casos, desconheciam as maracutaias. 

Aprendiz: Existe alguma forma de reduzir as penalidades para alguém envolvido em corrupção?

Mestre: Sim. Através da delação premiada, que reduzirá de 33 a 66% do período da pena ou, até mesmo, a redução total da pena (perdão judicial) pelo auxílio prestado à justiça.

Aprendiz: E como pode ser feita essa revelação, denúncia de quadrilhas e crimes de corrupção?

Mestre: Através de sites, endereços eletrônicos e telefones, como: CGU/Controladoria Geral da União: http://www.cgu.gov.br/denuncias/formDenuncia.asp; Controladorias Regionais (cgurs@cgu.gov.br); http://cidadao.mpf.mp.br/formularios/formulario-eletronico (Ministério Público Federal); Ministério da Justiça (0xx61) 224.5248; Disque-corrupção: 0800 177070.

Aprendiz: Mestre, quem não é corrupto e sabe da existência de corrupção, também pode denunciar?

Mestre: Sim, a denúncia pode ser anônima (sigilosa) para os mesmos órgãos já descritos.

Aprendiz: E por que alguém faria esse tipo de denúncia sigilosa, anônima?

Mestre: Para prestar um serviço de verdadeiro cidadão ao seu país, até poderá receber algum prêmio. Portanto, mostre que você é um verdadeiro cidadão, denuncie contra a corrupção! 

Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações!

Comentários