Escreva uma Carta...
Sexta, 07 de Março de 2014

Bom dia mui amados leitores, as atividades laborais já reiniciaram de fato.

Aprendiz: Existem muitas pessoas que estão longe de suas cidades natais, como trabalhadores e estudantes. Distantes de seus familiares e entes queridos. São pais, filhos, irmãos, amigos e namorado (a)s que de muito longe rezam pelo bem-estar de quem partiu na busca de novas oportunidades. Esta situação é necessária? Por quê?  

Mestre: A partir do momento em que um ser vivo sente a necessidade de algo que não existe no seu meio – comunidade, por exemplo, ele buscará outros caminhos para encontrar aquilo que necessita para satisfazer-se. Essa busca pode ser em função de muitos fatores, como a falta de alimento que induzirá o ser vivo ao processo migratório – como as aves. Poderá ser devido à falta de oportunidades de trabalho na cadeia logística de produção – desde o primeiro ao quarto setor. Poderá ser devido à falta de escolas profissionalizantes e de universidades. Poderá ser em função de um novo amor. Enfim, pode-se dizer que essa busca é devido ao ideal formado na mente do indivíduo que tentará concretizá-lo para se realizar como pessoa.  

Aprendiz: E durante esse período em que o ser humano está longe de seus entes queridos, o que ele deve fazer para manter o vínculo com aqueles que ele deixou ao partir na busca de seus ideais?

Mestre: Hoje é impossível negar o progresso existente nas telecomunicações e nas tecnologias informacionais que permitem o contato rápido e fácil entre pessoas que estão distantes, como a telefonia celular e a internet. Contudo, é através da carta escrita a mão que o sentimento se faz mais presente entre as pessoas. Pois na escrita, o ser imprime no pedacinho de papel os seus sentimentos, anseios, acontecimentos, ideias, necessidades, desejos, sofrimentos, emoções revelando em cada palavra um momento único de si mesmo que jamais será esquecido.

Aprendiz: É mesmo, escrever uma carta não tem restrições de palavras no espaço da mensagem. E que alegria nos dá ao receber uma carta da família ou de um ente querido contando o que está acontecendo na nossa cidade de origem. 

Mestre: Assim como a alegria dos pais ao receberem uma carta de seu filho(a) amado(a) relatando as dificuldades no trabalho ou nos estudos, mas destacando sobremodo o esforço e a dedicação empregados para superar os obstáculos que se apresentam no caminho à conquista do objetivo proposto, tão sonhado. E no final da carta sempre estão presentes as palavras que denotam motivação, amor, proteção divina e de saudades. Escreva uma carta ao seu filho(a), escreva para o seu pai, sua mãe, seus irmãos, seus tios, seus avós, seus amigos, seu amor. Tenham uma ótima semana e que Deus ilumine vossas mentes e corações! 

Comentários