Futebol
Sexta, 14 de Novembro de 2014

Grenal

O Grêmio foi muito superior no Grenal 403, na Arena, mas os quatro a um pode se dizer, foi um exagero. O jogo estava em aberto até os 30 do segundo tempo, com o placar em dois a um. As mudanças promovidas por Felipão, com as entradas de Giuliano e Alan Ruiz é que desequilibraram em termos de placar.

Repito que em termos de confronto o Grêmio foi muito superior, mas nem o mais otimista dos gremistas acreditava num placar tão dilatado.

Reflexo

Como reflexo do desastre na Arena, o Inter buscou um empate precioso com o São Paulo na quarta-feira. Não fosse a gravidade da situação e os desfalques, Abel jamais sairia da escalação burocrática que fatalmente seria batido pelo time paulista.

De certa forma, o Inter trocou um empate na Arena e uma derrota em São Paulo, por uma derrota na Arena (com goleada) e um empate em São Paulo.

Não há como desconsiderar que a lógica nos seis pontos disputados o Inter conquistaria apenas um. De péssimo foi o fato de ter sido goleado pelo arquirrival.

Libertadores

Penso que a surra do Grenal poderá ser decisiva para o Inter garantir vaga a Libertadores. Como vimos, após o confronto com o Grêmio, a postura colorada, mesmo que tenha sido sufocado o tempo todo pelo time paulista, mostrou um Inter dentro da realidade, respeitando mais os adversários e cauteloso, assim foi no jogo contra o São Paulo no Morumbi.

Se manter a preocupação com os adversários que irá enfrentar nessa reta de Brasileirão, o colorado tem sim chances de classificar-se.

Grêmio

O Grêmio recobrou a força com a vitória no clássico e num momento muito importante e decisivo da competição. Dificilmente repetirá a grande atuação do Grenal, mas apresenta-se forte e também deve garantir vaga no G4.

Em tese as condições da dupla se equivalem, pois não há jogo fácil. A leve tendência para o Inter é que possui um jogo a mais que o Grêmio a disputar em casa, e em um dos seus jogos fora, contra aquele que seria o mais forte adversário neste momento, antecipando um de seus jogos fora do Beira Rio, o colorado já jogou, e não perdeu.

União

Neste semana foi definido o nome do Marco Antônio Zanatta, o Marcão, para Cônsul do União Frederiquense em Vista Alegre. A exemplo do que escrevi sobre Benhur Rapachi de Palmitinho, destaco que em Vista Alegre o Marcão é um excelente nome.

 

Torcedor fanático do Grêmio, amigo pessoal do Renato Portaluppi, Marcão também é um apaixonado pelo União e reúne todas as condições para representar muito bem o clube.

Comentários