União
Sexta, 12 de Dezembro de 2014

União

Grande expectativa para segunda-feira, quando o União Frederiquense fará a apresentação do grupo de jogadores para estrear na elite do futebol gaúcho. Serão 26 jogadores que já pela manhã fazem exames médicos, recebem as primeiras orientações sobre as normas do clube e após a apresentação já começam a trabalhar pelo clube.

A apresentação está confirmada para as 14 horas, no Vermelhão da Colina.

 

Entrevista

Celson Oliveira, vice de futebol foi entrevistado ontem no Café com Futebol da Luz e Alegria e manifestou otimismo em relação ao Gauchão 2015. Segundo ele, o União está numa mesma faixa de grande parte dos clubes do interior e deverá brigar de igual para igual pela manutenção, bem como por uma das vagas.

Apesar de não contar com a mesma condição financeira, o União trabalhou com muita cautela na formação do grupo, e a margem de erro que sempre existe, é menor. 

 

Adversidades

O União Frederiquense terá, é claro, maiores adversidades que seus concorrentes para fazer uma boa campanha. Dos 15 jogos do primeiro turno, jogará 9 fora e apenas 6 jogos em casa.

Isto ocorreu pela falta de sorte no sorteio em que definiu a equipe que faria um jogo a mais em casa, quando novamente o Veranópolis ficou com a vantagem e pela perda de mando de um jogo, que será contra o Caxias, já definido para acontecer em Panambi, salvo se algum impedimento com alvará de licença quanto a segurança possa interferir. 

É preciso, no entanto, vencer estes obstáculos e somar pontos tanto em casa quanto fora.

 

Mudança de calendário

A FGF mudou o calendário de jogos e em tese o União novamente terá prejuízos. Três jogos que seriam no domingo a serem disputados no Vermelhão da Colina, serão agora as quartas-feiras, o que pode reduzir o público.

Não é claro da torcida do União que não tem tempo ruim, mas 100 ou 200 torcedores dos times visitantes também somariam no borderô do clube.

 

Brasileirão

Que final de campeonato teve o Internacional, apesar de não ter feito jogos exuberantes. Depois do Grenal, o colorado simplesmente não perdeu mais e garantiu vaga direta a Libertadores. Já o Grêmio, ao que parece caiu a casa no vestiário com declarações equivocadas que anunciavam o desmonte do time três ou quatro rodadas antes do término. A desmotivação foi grande.

Comentários