Libertadores
Sexta, 24 de Abril de 2015

Tem gente achando que por conta da dificuldade do Internacional no segundo tempo do jogo de quarta-feira, o time vem em baixa para o Grenal. De fato, Dalessandro não está na sua melhor fase, acredito que tenha perdido um pouco da liberdade que tinha com Abel Braga para xingar a arbitragem, discutir com adversários, enfim precisa ser mais comedido dentro da filosofia de Diego Aguirre.

Isto pode sim, estar tirando um pouco do ímpeto do jogador que sempre foi meio intempestivo, mas o cara é bom e costuma ajeitar a sua performance em grenais. Se não estiver em campo neste domingo, com certeza estará no jogo da volta no Beira Rio. É o capitão da equipe e com o seu bom futebol o Inter se agiganta.

Ele esteve mal na última jornada, isto justifica a queda de rendimento.

 

Libertadores 1

O melhor brasileiro na competição, com a terceira melhor campanha no geral e a segunda melhor campanha na primeira fase em Libertadores da sua história. Além disso, conta com duas equipes de qualidade, com entrosamento e resultados.

Isto é fato, o Internacional está muito melhor que em 2014, acho que dá para acreditar em conquista de título de grande expressão, bem maior que o Campeonato Gaúcho.

 

Copa do Brasil

O Grêmio vem crescendo de produção, já conta com uma equipe bem definida e chega forte para a decisão do Campeonato Gaúcho, mas para a Copa do Brasil, competição que já está disputando, vai precisar de mais gente de qualidade no elenco.

As contratações pontuais foram bem escolhidas e estão dando resultado, mas o banco de reservas conta muito em competições mais longas e com faze de “matas”. Para ter chances na Copa do Brasil, o Grêmio precisa de reforços.

 

Gauchão

Em Grenal não há favorito e até considerando o desempenho das equipes na competição isto se justifica mais ainda. O fato do Internacional vir com uma equipe mista cria uma dificuldade a mais para Felipão. Enquanto sua equipe já é bem conhecida, Diego Aguirre pode surpreender em qualquer posição. Mesmo assim não há favoritismo para nenhum dos lados, principalmente pela história dos grenais.

Se há que se fazer uma com sideração é quanto a artilharia, enquanto o Inter se sustenta com seus atacantes, no Grêmio que vem resolvendo é um zagueiro artilheiro, Pedro Geromel, que repete excelente jornada em 2015, a exemplo do que já havia feito em 2014.

Comentários