DUPLA GRENAL
Sexta, 15 de Maio de 2015

Duas constatações positivas em relação à dupla Grenal após a rodada de quarta-feira, tanto na Libertadores quanto na Copa do Brasil. A primeira delas, na grande vitória do Internacional sobre o Atlético Mineiro, é que o Inter tem bala na agulha para almejar o terceiro título da competição. Já a vitória do Grêmio contra o CRB, pela Copa do Brasil, mostrou que a base gremista também oferece boas alternativas.

BADALAÇÃO
Mais uma vez ficou provado que futebol é nas quatro linhas, sem espaço para badalação e discursos bonitos. O Corinthians, do técnico Tite, bailou ao som de uma Cumbia paraguaia, perdendo as duas partidas para o Guarani, adversário que teria sido escolhido pelo time paulista por ser em tese um dos mais fracos da competição.
Tudo com muitos discursos, apresentação da prancheta milagrosa do treinador, cujo time jogava por música. A graça foi tanto, que deu no que deu, eliminado da competição e com protesto dos torcedores, o que não poderia ser diferente por tudo o que foi propalado sobre favoritismo sobre futebol moderno e tudo mais.

BRASILEIRÃO
Ruim mesmo foram as estreias da dupla Grenal no Campeonato Brasileiro. Não restam dúvidas que disputar duas competições ao mesmo tempo atrapalha. A derrota do Internacional para o Atlético do Paraná deve ser superada o mais rápido possível e, mesmo disputando a Libertadores, o time precisa estar reforçado contra o Avaí, no domingo.
O Grêmio enfrenta fora o Coritiba, no sábado, e também precisa se reabilitar do empate em casa contra a Ponte Preta. Por conta da disputa da Copa do Brasil, o tricolor também deixou a desejar na estreia.

CARTOLA FC
Está “bombando” no Brasileirão, e com bons prêmios em dinheiro. É também a oportunidade de mostrar quem realmente está acompanhando com atenção todos os detalhes, principalmente a performance dos melhores jogadores.

Comentários