União
Sexta, 23 de Outubro de 2015

Domingo o União começa a decidir o primeiro título da sua história , quando disputa o título de campeão da Chave Norte da Copa Valmir Louruz . Um feito extraordinário para um clube que em menos de 5 anos, já passou pela primeira divisão. Ou seja, a elite do futebol gaúcho.
O que não se explica é o relacionamento com seu torcedor. Parece que de uma hora para outra o encanto acabou, o futebol profissional deixou de ser importante.
Afinal, porque o torcedor deixou de apoiar o seu time, que de trem pagador do interior hoje não consegue pagar a arbitragem?

União II
O adversário do União será o Novo Hamburgo, uma das equipes mais tradicionais do interior gaúcho, por isso em caso de vitória nos 180 minutos o feito será extraordinário. O importante é trazer um resultado que possa ser superado no jogo da volta.

Brasileirão
A derrota do Grêmio para a Chapecoense está longe de ser uma tragédia, mas a forma como aconteceu é que deixou um gosto amargo. O tricolor perdeu um jogo que não deveria perder e com isso deixou de se aproximar do segundo colocado.
Mesmo assim, o Grêmio segue com grande vantagem na terceira colocação e não sofre com a ameaça de perder a vaga na Libertadores.
Lembro que no início do campeonato a grande dúvida era sobre a qualidade do elenco, as peças de reposição, tudo superado com muito trabalho e trabalho de qualidade.

A vitória do Internacional diante do Flamengo no Maracanã devolveu a esperança ao torcedor colorado de ainda garantir a quarta colocação no campeonato. Embora melhorando muito, o Internacional ainda não é confiável para uma sequência de vitórias. De positivo a volta do D’Alessandro e o histórico crescimento na reta final da competição.

Lamentável
A agressão sofrida por uma senhora que participava de uma atividade do Outubro Rosa por torcedores do Grêmio. Ela é gremista mas e se fosse colorada e estivesse fazendo uma manifestação pelo seu time, nada justifica esse absurdo.

Comentários