É Campeão!
Sexta, 30 de Outubro de 2015

A sala de troféus do União finalmente tem a sua primeira taça. Digo finalmente porque diante de tantos feitos do União nesses cinco anos de atividades, era o que faltava.
Nenhum outro clube teve e continua tendo tamanha ascensão quanto o União e isso gera reconhecimento e credibilidade.

Hoje, em todos os recantos do Rio Grande é exaltada a conquista da Taça Norte, na Copa Valmir Louruz. Ouvi na imprensa da capital elogios extraordinários para nossos dirigentes. Um cronista da capital lascou “vocês estão muito enganados com Frederico Westphalen, lá esse pessoal sabe onde quer chegar, tem planejamento e faz as coisas corretamente. A permanência na primeira divisão só não aconteceu por algum detalhe muito pequeno”.

Pés no Chão
Nada mais interessante neste momento de conquista e comemoração do que manter a humildade, seguir trabalhando com foco e determinação.

Ouvi muito da boca de pessoas já bastante rodadas no futebol que o grupo ou mesmo o seu treinador haviam sofrido críticas e deram uma resposta ou coisa parecida.

Olha gente, no futebol é assim mesmo, se alguém ainda não sabe é porque não conhece o meio. Quando você está bem recebe elogios, quando está mal é criticado. Para a dar a volta por cima é preciso muito trabalho. Que bom que no União Frederiquense essa resposta veio da melhor maneira possível.

Federação
O União faz bem em dar uma pressão na FGF, cobrando as mudanças no regulamento que foram muito prejudiciais ao clube neste momento da competição. Não restam dúvidas de que o União foi o maior prejudicado. Agora, ouvi observações do tipo “não estávamos sabendo”, “não fomos comunicados”. Ora, o União tem dirigentes muito parceiros do presidente Chico Noveletto, considerados da “prateleira de cima” no rol de parcerias do presidente da FGF. Assim sendo, como é que isso acontece?

Façamos uma avaliação, porém deixar de jogar o quadrangular, de forma alguma.

Sul Americana
Faltou só um pequeno detalhe para a Chapecoense passar à próxima fase. Porém, a vaga escapou no jogo de ida.

Brasileirão
A rodada é extremamente importante para as pretensões gaúchas, principalmente para o Internacional, mas há um bordão que diz “quem tem sorte é colorado”.

Comentários