Libertadores
Sexta, 04 de Março de 2016

A pegada do Grêmio contra a LDU foi impressionante e mostrou o Grêmio no seu melhor momento do Brasileirão de 2015, exatamente aquele time e comportamento que vinha sendo cobrado pelo torcedor.
O Grêmio simplesmente amassou o adversário e deixou até o mais crítico tricolor impressionado, e é isto que sintetiza a expressão reinventar. O Grêmio se reinventou contra a LDU e mostrou que pode sim ser aquele time cogitado como favorito ao título. Precisa, é claro, manter esse mesmo ritmo e essa mesma pegada.


Qualidade

Bolanõs confirmou ser aquele jogador diferenciado e acrescentou muito em qualidade ao time gremista. Foi a contratação pensada pelos dirigentes e que já de cara apresentou seu cartão de visitas e confirmou ser qualificado na criação e na conclusão.
Trata-se de um grande acréscimo, assim o Grêmio vai impondo a qualidade que precisa para buscar seus objetivos, principalmente o de voltar a conquistar títulos importantes. Mas repito, o Grêmio precisa ser o Grêmio de quarta-feira contra a LDU.


Inter

O Time colorado está se remontando, apresenta qualidade, porém, trata-se de uma equipe ainda em formação e muito jovem. Precisa de pelo menos três reforços de qualidade e na atual conjuntura não parece que esses reforços estejam sendo encaminhados. Pior para o torcedor, porque time em formação é assim, às vezes muito e às vezes nada. Essa oscilação não remete a conquista de títulos.


União

Importantes esses amistosos contra a Chapecoense. Amistosos com equipes qualificadas oferecem melhores condições para se fazer acertos e correções. Com a competição iniciando provavelmente dia 13, ainda há tempo para novos testes, e trabalhando dessa forma o time frederiquense estará muito bem preparado. Em relação a outros enfrentamentos, o União precisava aumentar a velocidade e o poder de cobertura dos alas, mas isso só se ajusta com trabalho. Está no caminho certo.

Comentários