Classificação
Sexta, 09 de Maio de 2014

Tive a honra de ser escolhido pelo Folha para opinar sobre a permanência do União na Série A2, quando o mesmo estava ameaçadíssimo de rebaixamento. Mesmo apreensivo com a  responsabilidade que tinha sobre a resposta que daria, fui firme ao afirmar que o União não  cairia. Na ocasião, havia feito todos os prognósticos possíveis e concluído que com 19 pontos a equipe estaria tranquila imaginando que pelo menos uma ou duas, além das já rebaixadas Riopardense e Canoas, ficariam na faixa de 18 pontos. Minha matemática neste caso falhou, mas por sorte o União sobrou no returno e chegou a 20 pontos, número suficiente para escapar do rebaixamento e melhor que isso, garantiu a melhor campanha do returno.

Nunca foi preciso fazer tantos pontos para se manter na competição sem ser rebaixado.

Fase de Matas

Excelente resultado obtido em Erechim, no empate em um a um contra o Ipiranga. Pelo que transmitiram os colegas da Luz e Alegria, o União merecia inclusive ter vencido o jogo. Isto mostra o quanto a equipe evoluiu e como diz o Vini Girardi, ganhou liga. Em tempo, temos que chamar a atenção para o número de gols perdidos, se houver um melhor aproveitamento, a vaga à primeira divisão pode sim se concretizar.

Vermelhão da Colina

A direção do União acredita e eu também, que teremos público aproximado de 4 mil pessoas no Vermelhão da Colina no domingo. Não se trata apenas de assistir a um jogo importante, mas também um reconhecimento por tudo o que este grupo de jogadores, comissão técnica e direção fizeram neste returno do campeonato.

Dupla Grenal

Internacional e Grêmio há anos vem alimentando o desejo de voltar a vencer um campeonato Brasileiro, só que quando montam uma equipe almejando a disputa de título sempre deixam uma posição ou outra esquecida e sem a qualidade necessária.

Ao Internacional é visível a carência no setor defensivo, necessitando de um zagueiro de qualidade superior aos que aí estão, um volantão para fazer a primeira função e um atacante, situação que poderá ser resolvida com a contratação de Luque, um jovem atacante argentino.

Já ao Grêmio, pelo menos dois meias de boa qualidade poderiam melhorar muito o rendimento da equipe. A eliminação na Libertadores mostrou o quanto o time é fraco na criação.

Convocação

Embora a convocação da Seleção Brasileira pelo técnico Felipão era muito previsível, eu ainda esperava alguma surpresa que não é a do zagueiro Henrique. Tenho a impressão que poderemos sentir a falta de um jogador mais experiente para o meio de campo no decorrer da Copa.

Não sei por que, mas esperava um camisa 10 mais afeito à posição para ser pelo menos opção no banco de reservas.

Será mesmo que Ronaldinho, Kaká e quem sabe até Jadson não têm vaga no banco desta seleção? Tomara que não faça falta um destes para jogos mais duros, onde o jogo pode ser definido no detalhe.

Comentários