Copa Duríssima
Sexta, 20 de Junho de 2014

Desde o início não concordei com o oba oba e clima de já ganhou estabelecido na Seleção Brasileira, mais por parte de alguns segmentos da imprensa é claro, coisa que se repete a cada Copa do Mundo de Futebol. 

Temos uma boa seleção e um treinador competente, apesar de cabeça-dura, mas isto não é suficiente. Se não descer do salto e calçar as sandálias da humildade creio que a nossa seleção ficará longe do hexa que está sendo tão esperado.

Só nome de craque, ginga e samba no pé não ganham Copa do Mundo, até agora nos dois jogos do Brasil as atuações ficaram muito abaixo do necessário para brigar pelo título.

Convocação

Não encontrei apoio em minha manifestação no dia seguinte a convocação da Seleção, quando considerei fraco o grupo e destaquei que as opções no banco de reservas não ofereciam grandes recursos.

Claro que empatar um jogo na Copa é normal, mas trata-se da seleção do México. Em que nível está o México quando falamos em título?

É claro que precisamos falar em título, afinal estamos falando de seleção brasileira e a Copa é no Brasil. Claro que a busca do hexa continua, mas não com este futebol apresentado até agora.

Candidatas

Pelo menos seis seleções se destacam nesta Copa e seguramente dentre estas sairá a campeã de 2014. Alemanha, Itália, Argentina, Holanda, França e naturalmente Brasil.

Ocorre que três destas realizaram uma preparação de alto nível, estando credenciadas a brigar pelo título. Alemanha, Itália e Holanda. Brasil, Argentina e Espanha são as mais equilibradas tecnicamente e talvez por isso não deram a devida valorização ao contexto preparatório.

Também estarão na briga pelo título, porém como todos somos sabedores, quem se prepara melhor, tem mais chances de obter sucesso.

De olho no Bolão

Que grande sacada esta da turma do Folha, realizar um bolão de apostas entre amigos com os jogos da Copa do Mundo. Tornou-se um motivo especial para a troca de ideias nos bastidores da Luz e Alegria.

A iniciativa provoca debates, e acima de tudo, aproxima cada vez mais os profissionais das duas empresas parceiras no jornalismo e esporte.

Só não está bem explicado o fato do Renatinho e o Almir, apesar de excelentes jornalistas com grande afinidade com o meio esportivo, justamente os dois, estarem ponteando nos acertos.

Como são eles que coordenam todo o processo, acho que no final vamos ter até CPI, afinal o prêmio é muito bom.

Dupla Grenal

A direção do Grêmio parece ter acertado na veia quanto as contratações realizadas agora durante a parada para a Copa. Um lateral, um meia, este de alto nível, Giuliano, um volante de qualidade Felipe Bastos e um atacante que está para ser confirmado, Fernandinho.

Já o Internacional, depois de apresentar o argentino Luche, garantiu a compra do passe de Aránguiz e recuperou meio time que estava no departamento médico. Ambos virão fortes para o restante do brasileirão.

Em tempo, o técnico Abel Braga havia projetado 19 pontos até a parada para a Copa, vieram 16, ou seja, a projeção é forte, pontuação para quem quer brigar pelo título.

Comentários