A “estreia da Rússia” foi de Hamilton
Sexta, 17 de Outubro de 2014

O GP da Rússia iniciou com um belo gesto. Os pilotos se reuniram na reta principal do circuito de Sochi, e fizeram uma corrente de oração pela recuperação do colega Jules Bianchi, da Marussia, internado em estado grave desde o acidente no Japão, no domingo passado. 

E quem levou o troféu do primeiro GP da Rússia na história da Fórmula 1 foi Lewis Hamilton, que chegou à nona vitória na temporada, seu 31º triunfo na carreira, igualando-se a Nigel Mansell como o sexto maior vencedor da categoria. Nico Rosberg completou a dobradinha da Mercedes, que garantiu de forma antecipada o inédito título do Mundial de Construtores para a Mercedes, quebrando assim uma hegemonia de quatro anos da RBR. Companheiro de Felipe Massa na Williams, Valtteri Bottas completou o pódio com mais uma boa atuação. 

Ainda na largada, Rosberg mostrou que estava determinado a desbancar o parceiro de equipe, mas o alemão se precipitou, fritou os pneus ao dar o “bote” na curva 2, e teve que devolver a posição para Hamilton, e ainda precisou parar nos boxes logo no fim da primeira volta. Sem o principal rival, o inglês Hamilton não teve dificuldades para administrar a vitória. Depois de cair para o fim do pelotão, Rosberg levou os pneus médios até o fim, protagonizando uma bela corrida de recuperação para chegar em segundo.

Felipe Massa:

A sorte não tem acompanhado nosso piloto Felipe Massa. Foi um GP no qual a Williams estava fortíssima, mas o piloto brasileiro teve um problema com a pressão de combustível do motor Mercedes e não conseguiu nada mais que um 18° lugar no treino de classificação para a largada. 

Massa parou nos boxes logo na segunda volta para colocar pneu mais resistente. A ideia era seguir até o fim da prova com o mesmo pneu. Porém, a estratégia “esbarrou” no tráfego encontrado por ele no circuito de Sochi. Felipe mantinha um bom ritmo, até perder muito tempo atrás dos carros que estavam à sua frente, com pneus bons e assim virando tempos rápidos e tirando a chance de Massa ultrapassá-los. Assim sua corrida  aconteceu praticamente durante toda a prova atrás desses carros, chegando na 11° posição e sem pontuar.

Abraço e até a próxima!

Comentários