Agricultores também gozam férias
Sexta, 13 de Fevereiro de 2015

Sempre defendi que as coisas boas da vida são para todos. Fiz muitas palestras e participei de diversos seminários onde argumentei que o agricultor merece assento ao sol como outros profissionais. Muitas vezes fui interrompido pelos próprios agricultores que contrapunham razões diversas impossibilitando alguns dias de férias. De fato! Na agricultura sempre há o que fazer e as atividades não se comparam as urbanas.  O trabalho é ao ar livre onde as plantas estão sujeitas as pragas e as doenças, onde os animais necessitam de cuidados contínuos desde a alimentação até ao manejo, então não é fácil largar tudo e sair de férias. Não é fácil, mas é possível.
Pois bem! Fiquei impressionado com a quantidade de famílias de agricultores da nossa região que tiraram alguns dias de férias e foram para o litoral. A maioria casais jovens que se organizaram nos afazeres, organizaram com parentes ou com a vizinhança e partiram para curtir alguns dias na praia. Que coisa boa! Muitos foram com sua família em veículo próprio, outros em excursões organizadas. E olha que não estou falando de agricultores ligados a grupos da terceira idade. Este é um sinal de que há um novo momento para esta classe. O esforço dos pais, as oportunidades e o acesso às informações dão lastro para novas posturas para aqueles que trabalham a terra.
Tenho certeza de que aqueles que tiram alguns dias de férias retornam com outro ânimo. Nós precisamos de rupturas e de pausa nas rotinas diárias para recarregar as energias e voltar revigorados. Isto é possível se nos desligarmos alguns dias do lugar onde trabalhamos. A viagem por si já é fascinante, pela paisagem, pelas pessoas que se encontram nos pontos de parada, nos restaurantes a beira da estrada e nos postos de combustíveis. O desafio de buscar informações, de planejar rotas, de organizar parcerias para passar juntos alguns dias diferentes. Tudo é motivo para estabelecer um clima de ruptura das rotinas que por vezes são angustiantes e enfadonhas.
A praia é mágica. O clima, o mar, a paisagem, a brisa, o som das ondas quebrando na margem é fascinante. Tudo é diferente! Sem contar que a praia pode ser considerada um dos locais mais democráticos, pois são encontradas pessoas de diferentes classes sociais e características físicas, oriundas de diferentes localidades e culturas, que se encontram na busca de lazer, diversão e descanso. Portanto, ninguém está se importando com a aparência, com o sotaque, se as mãos são calejadas ou não e assim por diante.
Considero que nos últimos anos está havendo avanços consideráveis na qualidade de vida do homem do campo. Um dos sinais é o aumento gradativo de famílias de agricultores que se organizam nos afazeres, nas finanças e no tempo para tirar alguns dias de férias. Férias merecidas! Parabéns aos que já curtem férias! Coragem e estímulo para aqueles que desejam se organizar ou estão indecisos. Agricultores também merecem gozar férias!

Comentários