Como aumentar a rentabilidade na agricultura
Sexta, 04 de Setembro de 2015

O setor agrícola é o que mais sofre nos tempos de recessão econômica, pois além do alto preço dos insumos e dos preços baixos na venda dos produtos, os riscos climáticos deixam os agricultores mais vulneráveis. O agricultor não tem para quem repassar os custos de produção porque os preços do que ele produz são ditados pelo mercado. Essa é a queixa de sempre. O produtor é quem absorve os custos e os riscos. Como obter rentabilidade então?
O planejamento das atividades é o começo. Se não for bem planejada, qualquer atividade se torna vulnerável. O planejamento leva em consideração os fatores de produção que o produtor tem à disposição na propriedade. Para qualquer atividade é necessária a terra – tendo-se a posse da terra, deve-se verificar o que se pode desenvolver neste local. Verificar a aptidão, as aguadas, o tamanho da área e outras características. Outra necessidade é a mão de obra. Verificar quantas pessoas disponíveis há na propriedade para conduzir atividades e quais as habilidades dessas pessoas. Fator importante a ser verificado também é o capital disponível, representado por estruturas como construções, energia elétrica, máquinas, equipamentos, animais e etc.
O gosto pela atividade é um fator a ser considerado na tomada de decisão ao empreende-a. Se não houver afinidade e gosto pelo que se faz, dificilmente a atividade terá sucesso. Não há atividade ruim, mas sim atividade que não é adequada para a condição da família, da propriedade ou daquele local. O serviço despendido na condução da atividade deve ser prazeroso e compensador para quem está envolvido com ele. Quando o serviço em uma atividade é enfadonho, causa sofrimento e não realiza a pessoa; nesse caso, deve ser revisto porque não se sustenta.
Escolhida a atividade, é necessário despender conhecimento em cada etapa do processo produtivo. O empreendedor deve adotar um sistema de gestão que combine os fatores de produção de forma que o arranjo do capital, da mão de obra e da terra sejam maximizados na utilização. A gestão deve cuidar tanto do arranjo interno da propriedade como dos fatores externos, como os insumos e seus preços, os preços dos produtos e os mercados, a legislação e assim por diante.
A rentabilidade fica cada vez mais apertada nas atividades porque mais pessoas têm produzido um mesmo produto, igual ou melhor que o nosso. Esses produtos chegam ao destino de forma cada vez mais facilitada pelas legislações internacionais, pelo transporte mais eficiente, pelo menor custo de produção, pela melhor qualidade e, enfim, por atributos que nem sempre controlamos. A solução é munirmo-nos de informações ao buscar, sempre, informações de como conduzir nossas atividades com a melhor gestão, com a melhor tecnologia.

Comentários