Rótulas e Jantas!
Sexta, 19 de Dezembro de 2014

Este mês de Dezembro é loucura. Jantas quase todos os dias. Amigos secretos. Encontros. Comidas e bebidas. Minha nossa. Não sabemos a quem dar preferência. Um pouco parecido com as rótulas. Sim. Principalmente quando ainda não estamos acostumados com elas, é um caos.

Nos encontros e jantas, damos preferência por opção, nas rótulas não podemos. A preferência é de quem está nelas, ou seja, fazendo a rótula. Quando há uma rótula todos devem parar e observar se não temos algum veículo transitando nela, e após ingressar. Caso cheguem dois veículos ao mesmo tempo na esquina, o que diz o código de trânsito? Aquele veículo que estiver a sua direita tem preferência. Pronto.

Particularmente sou fã de rótulas, acho a maneira mais segura de controle em esquinas, mas temos que conhecer as regras, aliás, todos que possuem Carteira de Habilitação deveriam estar cientes disso. Mas em cada cidade existem particularidades que atrapalham um pouco. Em Frederico Westphalen, por exemplo, ainda há canteiros que as pessoas acham que são rótulas. Fruto talvez de tantas novas rótulas e ficamos um pouco distraídos.

Não podemos esquecer que a rótula é devidamente sinalizada, com a pintura adequada e dentro das regras. Este mês de dezembro faz isso com a gente. Esquecemos um pouco as regras. Comemos demais. Corremos demais. Colocamos muitas vezes nossas decepções e angústias no volante ou no pé pesado. O mês faz a gente correr sem rótulas ou com rótulas. Faz a gente comer “sem querer”. 

Mas falando em sinalização e guloseimas, sempre gosto de lembrar que Frederico talvez seja a única cidade do mundo que paramos nosso carro, para o garçom passar com os “pedidos” na faixa de segurança. Não é verdade? (risos). Muitas vezes parei na faixa para o Garçom passar com aquele pastel quentinho para os clientes. 

Outra novidade local é o estacionamento com o tempo máximo de 15 minutos com alerta ligado. A intenção é show de bola. Mas como será a fiscalização? Pois, se não tem parquímetro, não podemos colocar no vidro do carro a hora que estacionamos e assim o policial só poderá autuar se ele mesmo ficar ali por mais de 15 minutos e comprovar a infração. Mas tudo bem, no período de Natal, quanto mais alerta ligado, mais bonito fica.

Rótulas nos seguram e nos freiam. Então antes das jantas e encontros que abusamos nestes dias, não esqueçamos que as regras são para serem cumpridas. Devemos prestar mais atenção e tirar o pé do acelerador.

Que o Bom Velhinho, que não usa rótulas, mas pelo jeito é bom de garfo, traga consigo muita paz e serenidade. Com paz e serenidade você ama mais, você reflete mais, você briga menos. Com paz e serenidade corremos menos entre uma rótula e outra. Com paz e serenidade saberemos que o amor é tudo e que cada um de nós ri ou chora da sua maneira. O coração é que manda e não precisa esperar o da direita passar. Nós sabemos a hora.

Feliz Natal à todos! Até semana que vem!

Comentários