Curso Básico de Formação da Polícia Militar!
Sábado, 27 de Dezembro de 2014

A Brigada Militar já encerrou o processo seletivo para ingresso de novos Policiais Militares, onde logo, os 1.600 aprovados iniciarão o Curso Básico Policial Militar e estarão prontos para estarem nas ruas deste nosso Rio Grande.

Não houve ainda uma definição, de onde que estes recrutas farão o Curso. Estamos todos na expectativa, se o Curso será realizado apenas nas Escolas (Porto Alegre, Osório, Montenegro e Santa Maria), ou haverá turmas regionalizadas no interior. Salientando que a capacidade máxima nas escolas é de 1.000 alunos, restando 600 alunos, equivalentes a 20 turmas de 30 alunos que poderiam ser absorvidas em 20 Batalhões do interior gaúcho. 

Bem, torcemos muito que haja turmas regionalizadas, pois incentivam a região, dão um ânimo para as comunidades mais afastadas dos grandes centros. È claro que para isso ocorrer deverá haver critérios como estrutura adequada, instrutores qualificados, logística e infraestrutura mínima para que possamos formar policiais militares cidadãos e preparados. Acho que a Polícia Comunitária já nasce neste período, pois o Policial fará seu curso na sua região, na sua cidade e assim já começará de forma mais motivada e totalmente interagido ao seu meio.

Uma turma de soldado revitaliza o ambiente interno, dá mecanismos a Brigada local para atender cada vez de forma eficiente. Lembro que Frederico Westphalen (37° BPM) teve uma turma em 2009/2010 e entrou para história. Todos foram classificados na área do Batalhão e a grande maioria permaneceu na região.

Já em Palmeira das Missões (39° BPM), tivemos turma em 1993/1994, 2005/2006 e 2009/2010 e com certeza marcaram época no município. 

Ouso ainda acreditar que já no concurso, o candidato deveria já optar em concorrer às vagas já definidas por região. Começa fazendo o concurso já sabendo que caso seja aprovado, fará o Curso e será classificado na sua Região. 

Ingressam em torno de mil Policiais Militares em média por ano e perdemos para a aposentadoria um número igual. Urge-se a necessidade de um ingresso mais expressivo, para que possamos mudar o quadro da defasagem. 

Nos anos de 1988 a 1993, foram os anos que ocorreu o maior número de ingresso de Policiais, mas estes policiais já vislumbram nos próximos cinco a seis anos, suas aposentadorias e teremos muitos policiais saindo da ativa neste período.  

Um Curso de Formação no interior é uma benção para todos. Será um reconhecimento de que podemos crescer juntos com os policiais desde o inicio. Será feito um bem a todos. A segurança agradece, os recrutas agradecem, todos agradecem. Pena que esqueci de pedir ao Papai Noel.

Feliz Ano Novo à todos! Até ano que vem!

Comentários