Bombardeio das pizzas!
Sexta, 19 de Fevereiro de 2016

Quando você vai numa pizzaria comer um rodízio, nota que os garçons, após darmos o “start” para servir, eles vem que nem um enxame. Um atrás do outro. Um mais rápido que o outro. E bem rápido.

Fiquem pensando e analisando. Estamos normalmente com fome. Com uma vontade louca de comer vários sabores e eles vêm ali na sua frente. E aí o que acontece? Ficamos saciados rapidamente. Comemos muito ligeiro. Acho que é uma estratégia para que possamos ingerir rápido e comer menos. Apenas uma percepção.

Depois dão uma diminuída, para que os resistentes comecem a degustar as doces, como se estivessem saciados. Mas na verdade não. Você vê a doce e diz: “acho que já comi demais; vamos pra doce, então”. E aí o bombardeio deu certo.

Fiquei pensando que parece o nosso mundo atual. Nosso Brasil. Nossa vida. Tudo meio rápido demais que não dá tempo para que possamos degustar as coisas.  E de repente já estão servindo a pizza doce.

Gasolina com preços nas alturas, corrupção. Notícias todos os dias, das mais variadas que a gente já se enche rápido e muda de canal. Operação Lava Jato já nem chama muito a atenção, como se fosse uma pizza quatro queijos que o garçom traz no fim. Nem lembramos mais se votamos em alguém que está envolvido. 

É muita falcatrua e são tantos os problemas que estamos ficando satisfeitos em comer menos. Não esperamos. Não reagimos.

Críticas generalizadas a tudo e a todos. Decepções na política que fecham nossos olhos para ações que dão resultados. Criminalidade com índices altíssimos, que muitas vezes não enxergamos o trabalho incansável da polícia.  

Estamos saciados, pois “comemos” rápido demais e não analisamos o contexto. Não aprofundamos nosso conhecimento. Não procuramos realmente ver o que ainda pode ser feito. O sabor que vir a gente come.

Nossa pizzaria esta repleta de famintos, que comem muito rápido. Comem sem paciência. Comem para dar uma resposta rápida ao desejo momentâneo, pois se for esperar, vai demorar muito, mesmo que seja melhor. Assim é nossa vida. Resposta imediata, pois senão parece não valer as pena.

Vamos comer e reagir. Aguentar o bombardeio das pizzas. Não simplesmente trocar o prato e passar para as pizzas doces. Assim acredito que possamos olhar mais, analisar mais e criticar com conhecimento. Depois poderemos comer as doces com mais calma.

Exijamos mais sabores, mais respostas. E que não os repitam, pois senão ficaremos acostumados com poucos e o que vir está bom. 

Até semana que vem!

Comentários