A alegria do encontro
Sexta, 09 de Janeiro de 2015

Estamos iniciando a primeira semana do novo ano de 2015. Passaram-se as festas de Natal e de Ano Novo, e agora aos poucos tudo começa a voltar ao normal. Mas gostaria de trazer para reflexão algumas coisas que no decorrer das festas de final de ano acontecem, e que muitas vezes, passa despercebido aos nossos olhos e ao nosso coração. Você já se deu conta da importância das festas de final de ano em sua vida? Do encontro e reencontro com familiares e amigos? Muitas famílias ficam contando os dias e os meses para conseguir, na ceia de natal ou de ano novo, reunir toda a família, que muitas vezes, por questões de trabalho, de destino, cada um toma um rumo e vai para um canto deste mundo de Deus buscar seu espaço e ganhar o seu dinheiro. E os encontros acontecem geralmente na “casa dos pais”, onde os filhos, netos, bisnetos se reúnem para celebrar mais um Natal e a passagem de mais um ano. É impressionante ver a alegria das pessoas reunidas, celebrando, festejando e comemorando a vida em família e em amigos. É possível vivenciarmos várias qualidades, que muitas vezes no dia-a-dia não mais estamos acostumados, como: a partilha, (pois geralmente cada um traz algo para partilhar com seus familiares); a alegria e a felicidade; o amor sincero e verdadeiro; a ajuda mútua; a cooperação; as brincadeiras sadias e que recordam o tempo de infância; os bate-papos descontraídos; as rodas de chimarrão, de cerveja, enfim, o convívio familiar e amigo, que com o estresse do dia-a-dia acabam ficando em segundo ou terceiro plano. E no final, geralmente ouvimos, “nossa como passou ligeiro, já é hora de retornar”. E aí bate aquele aberto no peito, aquela vontade de ficar um pouco mais, mas o dever nos chama e precisamos retornar a rotina diária da vida. E por que isso só acontece uma ou duas vezes por ano? Por que não nos reunimos mais? Por que não celebramos mais a vida em família e entre amigos? Nestas festas, me chamou a atenção a quantidade de pessoas postando felicitações de feliz natal e feliz 2015 com fotos da família reunida, desejando o melhor para os seus amigos e conhecidos. Que bom, isso me deixa feliz e faz com que possamos ainda acreditar no ser humano COMO PESSOA com SENTIMENTOS e EMOÇÕES, que VALORIZA A SUA FAMÍLIA, que ainda busca o melhor para si e para os seus familiares, amigos e conhecidos. Que realmente todas as felicitações desejadas, sejam pessoalmente, por telefone ou redes sociais sejam verdadeiras e que possamos sim, desejar só o melhor para nossos amigos. Que esse espírito de solidariedade, de alegria e felicidade que permeou em nossa vida durante as últimas semanas possam ser inseridas em nossa vida diária, e que a alegria do encontro em família e entre amigos, possa estar presente em todos os dias deste novo ano que hora está se iniciando e que depende única e exclusivamente de você para deixá-lo mais alegre, feliz e melhor para viver. Sucesso a todos e até semana que vem. 

Comentários