Alegria dos animais
Sexta, 18 de Setembro de 2015

Nesta coluna vou escrever um pouco sobre os animais de estimação em nossa vida, sobre os benefícios que eles nos proporcionam, bem como sobre seus exemplos e ensinamentos. A cada dia que passa aumenta o número de pessoas que possuem animais de estimação, inclusive é um bom nicho de mercado para empresas que oferecem algum tipo de serviço para esse público. Mas quero aqui fazer uma pequena reflexão sobre o que eles nos proporcionam, as lições que podemos tirar deles e implementar em nossas vidas. Já diz um velho ditado que o melhor amigo do homem é o cachorro. Eu concordo com esse ditado, pois jamais vi um cachorro trair seu dono, seu amigo, abandoná-lo. Antes, ele está ali do seu lado, sempre fiel, amigo, companheiro para todas as horas. Já o ser humano, vi várias pessoas se “passarem” de amigos e, pelas costas, serem os piores dos inimigos, ou então, em momentos de dificuldades, esquecerem-se do então amigo. Você gosta de animais? Sim? Não? Por quê? Você possui animais de estimação? Consegue observar a alegria que um animal proporciona? Por esses dias, inclusive, saiu uma reportagem de uma empresa de cerâmica de Criciúma, no Sul catarinense, que possui um cachorro como funcionário, e na matéria dizia que, após o cachorro tornar-se funcionário da empresa, melhorou o clima organizacional, a motivação e a produtividade dos demais funcionários; o clima ficou mais leve, relatou um dos diretores. É perceptível a capacidade que tem um animal de estimação de mudar o humor das pessoas que estão a sua volta. Você pode chegar em casa cansada, abatida, estressada, mas não tem quem resista em, ao abrir o portão ou a porta, encontrar o animal pulando de alegria. Em questão de segundos você esquece seus problemas e começa e brincar e alegrar-se com ele. Incrível como eles possuem essa habilidade, sempre eles acabam nos envolvendo e nos contagiam com sua alegria e felicidade, e não nós com nossos problemas, estresse e cansaço; ainda bem que é assim. Outro aspecto que devemos nos espelhar nos animais, de um modo especial no cachorro, é sua capacidade de perdoar, de esquecer os puxões de orelha, que os seus donos lhe dão. Pode observar, você chama atenção, xinga, briga com eles por terem feito alguma bagunça, em questão de minutos, para não dizer segundos, já estão novamente pulando de alegria, querendo brincar com os seus donos. E nós seres humanos, às vezes, ficamos remoendo anos para perdoar ou esquecer alguma mágoa que alguém nos causou, e infelizmente isso só faz mal para nós mesmos. Que possamos nos espelhar no exemplo dos cachorros, e termos a capacidade de perdoar, de apagar as mágoas e ressentimentos que às vezes ficam em nossos corações nos fazendo sofrer e nos atordoando durante anos. Que nós, seres humanos, nunca troquemos pessoas por animais, mas sempre possamos nos espelhar nos animais para sermos pessoas melhores, e que possamos encontrar tempo para nos espelharmos neles e sermos cidadãos melhores.

Pensemos nisso, abraços a todos e até semana que vem.

Comentários