E dezembro chegou...
Sexta, 04 de Dezembro de 2015

Nesta semana iniciamos o último mês do ano. Para muitos o mês mais cansativo, para outros o mês mais esperado, para alguns o mês que antecede as férias, para outros o mês de viajar, encontrar a família e celebrar a vida. Mas para todos nós dezembro é sim o último mês do ano, o mês que celebramos o nascimento de Jesus Cristo. Já podemos visualizar ruas, casas e estabelecimentos comerciais preparando-se e anunciando que o Natal de aproxima, pois arrumaram com enfeites, luzes, piscas-piscas, Papais Noel, etc. E você, já está sentindo essa sensação em sua vida? Em seu coração? As luzes da esperança e da renovação já estão pulsando em seu coração? Qual é o sentimento que tens quando olhas para as luzes que enfeitam as ruas e o presépio da noite de natal? Consegues assimilar as luzes com as nossas energias, nossas emoções, sentimentos e vontade de viver e celebrar a vida? Sim? Não? Por quê? Quando pensas no dia 25, dia de Natal, o que te chama atenção? Os presentes recebidos? A confraternização em família? A celebração do nascimento de Jesus Cristo? Ou apenas um feriado comum como outros? Percebe-se que a cada ano nós seres humanos estamos substituindo alguns sentimentos, trocando gestos de amizade, de vivência em família, de cristianismo por algo subjetivo criado para nos afastar das coisas boas e dos sentimentos verdadeiros e reais que o período do Natal nos traz.

Que possamos, neste início do último mês do ano, fazer uma pequena reflexão sobre a nossa vida vivida, partilhada em família, em sociedade e em comunidade e ver qual é o legado que estou deixando, qual é o bom exemplo que eu, como ser humano, estou trazendo para a sociedade onde estou inserido. Estou conseguindo contribuir para um mundo melhor? Estou fazendo o meu papel como agente de desenvolvimento e construção de uma vida melhor? Vida essa comigo mesmo, em família, com colegas de trabalho, em comunidade e sociedade? Qual é o balanço desses 11 meses do ano de 2015? O que tenho para comemorar? E para agradecer? Estou implementando tudo o que planejei e programei? Quando bater o sino a meia noite do dia 25 de dezembro, anunciando a chegada do menino Jesus, qual será o meu pensamento? A minha prece e o meu louvor? Será que terei lugar em meu coração para que Cristo possa nascer novamente em minha vida? Qual será o lugar que destinarei aos bons ensinamentos e bons exemplos de Cristo para implementar em minha vida? Que não seja apenas mais um mês de dezembro, que não seja apenas mais uma Natal, mas que seja o melhor mês de dezembro de todos já vividos e o melhor Natal de sua vida. Que realmente a paz, a esperança, a fé possa ser renovada e ampliada diariamente em nossa vida. Sucesso a todos e até semana que vem.

Comentários