É hora de investir em conhecimento
Sexta, 10 de Junho de 2016

Nesta coluna, vou me utilizar de um artigo escrito pelo professor Marins, o qual discorre um pouco sobre a importância de investir em conhecimento e formação pessoal e profissional, principalmente nestes momentos difíceis pelos quais estamos passando. Ele inicia dizendo que: “neste período difícil de desemprego, recessão econômica e baixa expectativa, os profissionais de recursos humanos e gestores são unânimes em afirmar que o valor da formação, conhecimento, capacidade de criar, inovar, vontade de aprender e disponibilidade são os ingredientes fundamentais da sobrevivência e do sucesso. Ainda mais em tempos de crise, as empresas não podem se dar ao luxo de ter pessoas de baixa produtividade em seus quadros e pessoas com melhor formação, em teoria, são mais produtivas, isto é, conseguem fazer mais e melhor com menos recursos. Assim, investir em conhecimento é hoje mais fundamental do que nunca. E a verdade é que não há mais desculpa para deixar de investir em conhecimento nos dias atuais. Há dezenas de cursos, aulas, palestras, filmes, vídeos inclusive gratuitos disponíveis na internet. Há setores como o de energia eólica (vento), fotovoltaica (solar), bioenergia, agronegócio, saneamento, saúde, segurança, tecnologia de convergência, engenharia florestal, apenas para citar alguns indicados pelos dirigentes que entrevistei, que estão carentes de pessoas para atender contratos já assinados. “ As pessoas estão buscando emprego onde ele não existe e não se prepararam para os setores da economia em crescimento e que estão carentes de mão de obra,” afirmou um dirigente de uma empresa especializada em recrutamento e seleção. Assim, é hora de rever a nossa formação e buscar conhecimento onde ele está sendo exigido e, portanto, pago e bem pago. Portanto, seja você jovem ou já adulto, saia em busca do conhecimento e procure investir de forma séria e definitiva em sua formação. Há anos vimos dizendo que o século XXI seria o século do conhecimento e da informação. Pois ele chegou e em momentos de crise essa verdade se torna mais clara e evidente. Não é hora de esperar milagres. É hora de colocar a cabeça no lugar e os pés no chão. Vencerão realmente os melhores.”

E você, está tendo essa preocupação? Está investindo em sua formação e qualificação? Como estão os seus conhecimentos? Consegue ser competitivo neste dinâmico e acirrado mercado do trabalho? Quais são os seus diferenciais em relação aos demais profissionais? O mercado está percebendo esses diferenciais? Que possamos fazer uma reflexão e investir gradativamente em nosso conhecimento e em nossa carreira profissional, pois não há mais espaço no mercado para pessoas amadoras, ou você é profissional, ou então está fora do mercado. Sucesso a todos e até a próxima.

Comentários