Ações em tempos de crise!
Sexta, 24 de Junho de 2016

Nesta coluna, vou me utilizar de um artigo escrito pelo renomado escritor Roberto Shinyashiki, o qual nos apresenta algumas ações que podemos implementar em nosso dia a dia para trabalharmos em tempos de crise. Ele inicia dizendo: “Quando você dirige um carro pela rua, é muito importante que você olhe para a estrada que está seguindo. Se você teimar em olhar para os postes na estrada, vai acabar batendo em um poste. Por isso, em tempos de crise, não fique se lamentando, nem prestando atenção nas coisas que estão em falta. Concentre-se em fazer o seu melhor, foque naquilo que você pode contribuir para que a crise acabe logo, para que os efeitos dela não afetem negativamente a sua vida. Existem algumas ações que você pode fazer quando a crise chega. São posturas simples que vão fazer toda a diferença na sua vida. Veja algumas delas:


Caso você esteja empregado

1- Ajude o seu chefe a realizar a meta dele.
2- Trabalhe em equipe. Saia da frente do computador e converse muito com os seus colegas sobre o que vocês podem fazer para melhorar seus resultados.
3- Procure trabalhar para gerar lucro para a empresa.
4- Discuta os seus projetos e os projetos da empresa com amigos e mentores, para ter novas ideias – lembre-se que uma visão externa do problema é sempre muito enriquecedora.
5- Entregue seus projetos com muito mais qualidade e dentro do prazo.
6- Mantenha o alto-astral e o otimismo. Pessoas com baixo-astral são as primeiras a serem demitidas.


Caso você esteja desempregado

1- Procure os amigos e conhecidos para pedir indicações de emprego – pesquisas mostram que quase 70% das contratações são realizadas a partir de indicações.
2- Poste ideias e opiniões sobre a sua área de especialidade nas redes sociais. Procure fazer palestras, dar entrevistas ou dar aulas para mostrar a sua competência.
3- Monte um currículo baseado em resultados.
4- Nas entrevistas, tenha claro que o objetivo do selecionador é resolver o problema da empresa e não o do candidato. Portanto, estude a empresa e mostre que você pode ser a solução para os problemas que ela está enfrentando.
5- Aceite conversar sobre todas as propostas. Às vezes a vaga não é interessante, mas cada novo contato é importante.
Crise exige ação. E quanto mais suas ações forem na direção de contribuir para melhorar as possibilidades de superação da crise, mais bem-vindo você será em todos os ambientes.” Pensemos nisso e até a próxima.

Comentários