Pequenos Gestos
Sexta, 04 de Abril de 2014

Nesta coluna vou trazer alguns acontecimentos corriqueiros que acontecem em nossa vida diariamente, que na maioria das vezes não nos damos conta, mas estão cheios de bons exemplos e ensinamentos. São pequenos gestos que as pessoas fazem e tornam a vida das demais pessoas mais feliz e realizada. Quem, nunca, ao andar pela rua, recebeu um Bom dia, com um lindo sorriso de uma pessoa que não conhece? Quem já não presenciou em um estabelecimento, onde tem poucos lugares para sentar, uma pessoa mais nova, levantar-se e dar o lugar para a pessoa mais velha? (essa atitude está cada vez mais rara de vivenciarmos, mas ainda acontece). Quem já não vivenciou uma pessoa ajudando uma pessoa mais carente, comprando um lanche, servindo um prato de comida? Quem já não presenciou uma pessoa auxiliando uma pessoa mais velha em um caixa de banco ou em um supermercado? Quem já não viu uma pessoa, ao reportar-se a um atendente utilizar as “palavras mágicas”, dizendo: Por gentileza, por favor, muito obrigada, desculpas? Quem já não vivenciou um chefe elogiando um funcionário, pelo bom trabalho que realizas (na maioria das vezes presenciamos ao contrário, chefes chamando atenção, dando “mijadas”)? Aqui trouxe algumas pequenas ações que diariamente acontecem ao nosso redor e muitas vezes, pela correria, não nos damos conta da importância e do significado que esses pequenos gestos têm na vida da pessoa que recebe e na vida da pessoa que realizou a ação. Você se visualizou em algum dos exemplos citados acima? Sim? Não? Por quê? Como você está se sentindo lendo essas pequenas linhas? Algo está mexendo com o seu lado emocional e humano? Lembre-se, muitas vezes reclamados de tudo e de todos, mas Nós, não temos nenhuma atitude para mudar ou melhorar o local onde estamos, e muitas vezes basta um pequeno gesto, uma pequena atitude. O papa Francisco na sua humildade e simplicidade, mas sempre com frases sábias diz: “Sempre que possível, dê um sorriso a um estranho na rua. Pode ser o único gesto de amor que ele receberá no dia”. Um bom dia, um sorriso, uma gentileza, não custa nada, mas pode mudar o dia de muitas pessoas. Pensemos nisso. Outra frase maravilhosa do nosso amado papa: “Não devemos ter medo da bondade e da ternura”. Realmente, elas apenas nos tornam mais humanos, felizes e realizados, como pessoa, como indivíduo e como cidadão da sociedade. Começamos a implementar em nossa rotina diária pequenos gestos que podem tornar a nossa vida e das pessoas que estão ao nosso redor mais feliz e um mundo melhor de se viver. E lembremo-nos sempre de mais uma sábia dica do papa Francisco: “Como seria belo, se cada um de vós pudesse, ao final do dia, dizer: hoje realizei um gesto de amor pelos outros!” Pensemos nisso e implementemos pequeno

Comentários