Os Humores da Previsão e das Mudanças Climáticas
Sexta, 17 de Julho de 2015

Ouvindo The Doors – L.A. Woman!

Ano passado foi no Oeste Catarinense, este ano foi no Interior do Paraná. Estão se tornando comuns os tornados. Dia desses, alguém fez uma filmagem de Chapecó e foi uma imagem impactante. Estamos sujeitos a coisas que não eram comuns, a alterações climáticas de forma inesperada e surpreendente, talvez a retirada das matas, a industrialização cada dia mais intensa, fatores como a queima dos combustíveis fósseis estejam contribuindo para isso, ao utilizarmos menos coisas naturais e mais plásticas e não realizarmos uma adequada reciclagem, poderemos estar semeando a própria destruição. Vejam os oceanos, a desertificação de áreas arruinadas pelo uso intenso e descabido, o solo exaurido e pobre vira areia e as temperaturas sem a cobertura de mata e vegetação serão cada vez maiores, proporcionando estas diabruras do tempo. Sem falar no envenenamento constante do solo e dos mananciais com os venenos que a indústria da destruição produz. Ouvi uma sensacional exposição de ideias no intervalo de música dia desses no tube. Uma especialista em água narrava que as grandes potências não compram produtos do Brasil, elas compram água. Para produzir uma tonelada de grãos ou de carne é necessária muita água, e eles não têm os mananciais que o país dispõe. Vocês já se perguntaram a razão de que grandes grupos internacionais estão adquirindo e mesmo entrando forte na área da água? Olhem para as aquisições, não precisa ir longe, Ijuí, Sarandi, Grande Porto Alegre, vamos parar por aqui, nem falo mais da água de Frederico, que é comprovadamente mágica, porque irão cair matando, mas é bom o pessoal dar boa olhada nisso, especialmente você que tem gente que mora no interior, parentes e mesmo conhecidos e faça-os ver que a coisa é toda isso, a preservação é a garantia de futuro melhor, de produtos sadios, livres de venenos que trazem doenças que não conseguimos entender, deixem a cultura de coisas comprovadamente danosas, alterem sua produção. Seus antepassados viviam com fartura e podia-se prever perfeitamente as estações, ou será que a natureza está errada? O bom tem que estar em envelope plástico? Decididamente produtos orgânicos, além de fazer muito bem para saúde, fazem a natureza sorrir, e o que existe melhor do que o sorriso? Flores, pássaros, pequenos animais e mesmo os insetos que fazem parte da cadeia alimentar natural também contribuem de alguma forma para que a coisa evolua originalmente. Mais verde e menos torrão, afinal, mesmo o Marty Mcfly, do filme De Volta para o Futuro, desejaria que a previsão de tempo fosse tão exata como o doutor prescreveu. Já estamos no futuro! Ainda dá tempo para aumentar e confirmar nossa evolução, de forma saudável e sustentável.
Atreva-se!
Abraço para quem... Faz a Diferença!

Comentários