Enquanto cai a noite em tua janela, sou também as estrelas que cintilam no pálio..
Sexta, 11 de Setembro de 2015

Ouvindo.. Over the Rainbow - IZ Israel Kamakawiwo


E a cabeça barulhenta me fala mil coisas, por vezes registro, em algumas faço cliques e em outras silencio, porque existe um tempo pra tudo. Protesto com faixas e placas nas passeatas por este mundo afora, contra a intransigência, contra tudo o que acredito feito de errado por alguém que prometeu outra coisa antes do fato. Estão aí na história, nos livros, discursos todos proferidos a expectadores, numa época anterior, cansado de promessas, cacique juruna andava de gravador em punho, para mostrar segundo sua crença que sua promessa era carregada de verdade. Digo sempre, tente ao menos preservar tua palavra, não fales nem prometas algo além de tua possibilidade momentânea, esse é mantra sagrado. Construa pontes e não muros; com pontes podemos alcançar sonhos, sozinhos, isolados, é pouco provável, acredita que isso daqui é passagem, estamos aqui para nos tornarmos pessoas melhores e auxiliar uns aos outros nessa tarefa. Alguns ajudam descobrindo coisas, terapias, curas, outros são como bálsamo, nos lembram coisas ou, por seus dons como a música, a palavra, a escrita, fazem poesia, e outras cantam tragédias. Faça algo que mostre tua luz, aprenda dividi-la, espalhe o bem, pode ser de forma silente ou bem barulhenta, tanto faz, segue tua vibração. Existem alguns de nós que são energia pura, bólidos, cometas que queimam tão intensamente que deixam apenas luz, mais nada, mas passam tão rápido que num piscar de olho , não os temos mais neste tempo, então para estes (que nunca sabemos ao certo o quanto ainda irão nos encantar) teça loas, não como coisas só para parecer, mas verdadeiras, fale, conte, espalhe as coisas boas, por certo elas frutificarão, florescerão em outras estruturas, até mesmo improváveis, porque o exemplo arrasta. Suba acima das nuvens, você poderá perceber que a chuva tem um papel importante, mas como fala a música que “embala aê”, suba mais um pouco, perceba a coisa toda do alto, e verás que somos todos, sem exceção, do tamanho de formigas, mas que se fizermos cada um nossa parte, formaremos então exército imbatível, o exército do bom combate. Atualmente existem excelentes oportunidades para colocar isso em prática; encontre a sua maneira, o seu jeito, a sua forma. Existe um pensador moderno, muito atual, chamado Mario Sérgio Cortella e uma de suas principais obras tem por título “Qual é tua obra?”. Essa pergunta foi feita há muito tempo e.. sempre estará atual.
Enfim, então.. mãos à obra!!

Abraço para quem Faz a diferença!
 

Comentários