Quando um filho chega à formatura
Sexta, 04 de Dezembro de 2015

Ouvindo Pink Floyd!

Dia desses narrei um encontro com meu filho Davi, um caminhar até a escola, com Narrativa de percurso de gente grande, hoje estou com nó na garganta, o Gabe, o cabeludo que corria pela mesma quadra do Auxiliadora em improváveis confrontos a La Barcelona, está chegando numa parte importante, concluiu o ensino médio, numa época em que isso é obrigação, realidades mudadas a cada volta do planetinha suscitam sonhos, desejos quase desenhados, ou não, pelo périplo que é a vida estudantil de um brasileiro, as coisas mudaram muito, convivemos dentro de outra realidade, mas acompanho sempre teus passos, até por que não é filho de quero-quero, numa alusão clássica da família de minha Mãe.. Nestes anos todos, entre altos e contornos aprendeste a ler e escrever, a ouvir e entender, num modal que lembra as necessidades de comunicação deste mundo líquido e plastificado ao nosso redor, mas realmente é passo dos mais importantes, deixa a adolescência e entra na fase adulta, pancada pouca é bobagem a partir de agora, portanto um divisor de águas, senhor divisor, nova realidade, estudo, afinco e desapego, se quiser chegar lá, terá naturalmente que fazer escolhas, talvez compreenda algumas das que fiz, chega sempre o tempo desta análise, lembro hoje filho de minha emoção quando a Profe Mari, a Mãe do Cristian, ensinou a ler e escrever, aquilo pra teu Pai foi muito importante, enfim o filho estava alfabetizado, coisa que não esqueço, marca isso, vivo esta fase novamente com teu irmão Davi, mas de outra forma, não sob o mesmo teto, e agora que irá fazer outra etapa, a de preparação para teu curso superior, isso fará você pensar, refletir, na ausência, na distância física que somos enfim confrontados, talvez perceba o cuidado, e isso fique indelével no pensamento, outra realidade, responsabilidade e enfim a busca daquilo que queres como profissão. Neste tempo todo muitos dos rostos que te acompanharam nos diversos lugares que frequentou estão distantes, nem mesmo tua caminhada longe do Pai quando o dindo esteve doente, coisa que marcou a todos, enfim agora a bola está novamente contigo, não mais cabeludo, mas altivo e reservado, bem do jeito que sempre foste, Deus te acompanhe e vigie teu olhar, transformando-o em olhar de longo alcance, sem no entanto descuidar nunca do detalhe, esse é segredo nosso, passado por teu avô, e que encontro vezenquando em outras pessoas maravilhosas. Faça de tua vontade, teu escudo, pise deixando tua pegada, mas saiba que por vezes o simples caminhar tornará indelével marca no coração das pessoas com quem partilhar. Olha ao redor e sempre mantenha a inteligência de aprender um tanto a cada dia, e compartilhe a humildade em doses muito generosas, ela irá te levar longe, muito longe. Filho, de nada serve o ouro se teu coração não tiver paz, tenha serenidade para perceber isso, não importa a distância, não importa o local, e me permito breve contratura.. “Tamo Junto!” Parabéns pela Conquista!

Que Teu Caminho Seja Sereno!

Abraço!
 

Comentários