Passos certos, tranquilos e fugazes!
Sexta, 03 de Junho de 2016

Ouvindo –There’s no Way out Of Here – David Gilmour

Existem passos, tipos deles, num olhar apressado carregado de rapidez para definir, pode-se trocar facilmente a segurança pelo engano.. Uns mais serenos, não tão céleres, mas com invejável segurança, avançam percebendo o terreno e desta forma, não tropeçam na mesma proporção. Os Passos são estudados, muitos chamam estes caminhantes de antigos, ultrapassados..

Dia desses li matéria na qual pesquisadores que recolheram textos de periódicos, num clipping daqueles que dura décadas.. colocavam estas “notícias” ou análises das “situações e eventos” por vários atores da comunicação, jornais, revistas e tal.. Vistos anos mais tarde, poderiam ver o que tinha resultado das análises. Algumas sensatas e outras, bem, outras tipo o balão aquele que o zagueiro desfere quando é final de partida.. final de campeonato ainda mais..

Portanto, quando for deixar algo escrito, pense, reflita e abra abas de cuidado. Neste mundo instantâneo o que tem em abundância é papagaiada, daquelas que não conseguem chegar ao final de semana vivas e, ao menos, incólumes..

Comunicar e qualificar a audiência precisa de estofo, não daqueles de douto e tal, como se decretos decrépitos irão alterar a qualidade, o teor e a validade do escrito..

A qualidade da produção textual, parêntese aqui para os papos com o saudoso mestre Elias Mengarda, que além de conhecedor de futebol, tinha imensa qualidade de vernáculo e texto, seus livros atestam, especialmente o último, que guardo um exemplar autografado com muito carinho; portanto, a qualidade depende sim de ferramentas, do tipo que vais aprimorando, a leitura é uma das mais poderosas, quem lê, consegue articular melhor a ideia, é mais direto e consegue diferenciação sem ser apelativo.

Pense nisso, desligue um tanto a propagada rainha eletrônica e abra um livro..

Teus escritos serão uma bela contribuição para os leitores, sejam eles gente da tua árvore ou não. Quem sabe dentro de alguns anos, hoje quem escreve de forma apaixonada e sensível possa estar numa prateleira, num destes posts que recebe muitos likes na página de uma mulher bonita..

Tenho certeza que os movidos por ódio vão desembocar em alguma canaleta qualquer, do tipo que utilizam para escorrer excreções.

“Uma chama não perde nada ao acender outra chama” – Provérbio africano

Abraço pra quem faz.. a diferença.

Comentários