Um grito no escuro!
Sexta, 31 de Janeiro de 2014

Fez um ano do incêndio na boate Kiss em Santa Maria, muito pano pra manga, mas de produtivo, apenas o inquérito inicial, o da polícia civil, que colocou nomes no papel e encontrou entre eles nomes de gente importante.. Porém como tudo, este aranzel de leis, ferramentas e o que puder nominar juridicamente, atesta um crime lesa-pátria, sim, ali pereceram universitários que estavam concluindo seus cursos, ali forram soterrados sonhos de famílias inteiras, destas que a gente conhece desde que nasce, mas da outra que nos vê crescer e desenvolve conosco atitudes, querências e laços, desde os mais estreitos, até aqueles meramente formais, mas que indiscutivelmente são laços. Perceber que passaram 365 dias e, que poucos culpados foram encontrados, é frustrante. Casualmente passei por lá recentemente, dá um arrepio, nem olhei muito, já disse que a finitude me abala, mas o que de produtivo foi feito legalmente depois disso, conversando com um Irmão que confidenciou estudar a história da humanidade e de há muito tempo os problemas são os mesmos, inclusive quero deixar aqui a minha gratidão ao pessoal que arrisca suas vidas para proteger as nossas, vocês não tem a mínima ideia o que é entrar num uniforme de bombeiro para enfrentar temperaturas que de tão altas fica até difícil medir, comparando num incêndio a sensação que se tem é de estar entrando na boca do Etna, do Vesúvio ou de qualquer montanha que cuspa fogo em forma de lava.. Então acho imperioso que se exija sim de todos os locais a qualificação do pessoal, a instalação correta de artefatos e ferramentas que possam debelar mais racionalmente um incêndio e , principalmente, os locais de reunião de gente jovem, que cumpra todas as etapas, porque nada, mas nada mesmo vale mais do que uma vida.

Se podemos evitar.. Pra que ir contra este tipo de lei inteligente? Façamos nossa parte! 

Afinal, as 242 mortes na fatídica festa, é quase o resultado de uma pequena revolução, que seja pelo menos respeitada a memória destes irmãos imolados sem nenhuma chance, imagino que já está mais do que na hora de fiscalizar e fazer cumprir as muitas leis que se tem no país.. Ou você aí que está lendo gostaria que um dos seus estivesse em ambientes inseguros, insalubres e pelo simples fato de juntar sob um mesmo teto pessoas, mesmo que formidáveis, jovens, descoladas e com muitas outras qualidades, que querem aproveitar uma fase áurea de suas vidas, sim porque a vida pulsa.. Então não devemos desperdiçá-las com idiotices baseadas em lucro fácil e outras coisinhas que aparecem por aí..

Sim as festas, Sim a tranquilidade, Sim a gente jovem reunida, Sim a vida e Não a intolerância, Não ao descaso, Não ao desvio, Não a impunidade!

Saúde e Sorte, para aqueles que fazem.. A diferença!

Comentários