PÁGINA TRADICIONALISTA - 17 DE FEVEREIRO DE 2017
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017

ELEIÇÃO DO MTG – Anualmente acontece a eleição da nova diretoria do MTG, dos cconselheiros e dos coordenadores regionais. Nesta dança das cadeiras, o engenheiro civil Nairo Callegaro, da chapa ‘De mãos dadas’, foi reeleito para a presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho, gestão 2017, com 334 votos favoráveis e 36 contrários, totalizando 370 votos. Como vice-presidente administrativo e financeiro assumiu Elenir Winck, que deixa a Cultura.

ELEIÇÃO E POSSE – O Congresso também foi palco da eleição dos novos conselheiros do MTG. Dezessete novos nomes foram eleitos, havendo o mesmo número de suplentes. Também aconteceu a eleição dos novos coordenadores regionais. Para a 28ª RT colocou o nome à disposição o coordenador em exercício, Fábio Joel Irschinger, que foi aprovado pelos congressistas, tendo já tomado posse do cargo junto ao MTG.

POSSE DA 28ª RT – Eleito no 65º Congresso Tradicionalista em Bento Gonçalves no mês de janeiro, o coordenador da 28ª Região Tradicionalista, Fábio Joel Hirschinger, tomará posse junto à sua Região Tradicionalista, juntamente com toda a diretoria no primeiro Encontro Regional de Patrões em Iraí, no dia 11 de março. A exemplo das demais coordenadorias, o presidente do MTG, Nairo Callegaro, comparecerá para realizar o ato formal de posse da gestão 2017.

CARTÃO TRADICIONALISTA – No último Encontro de Patrões de 2016 ficou definido que os Cartões Tradicionalistas serão confeccionados por uma pessoa integrante da diretoria da 28ª RT. Para que todo o trabalho de digitação, conferência e encaminhamento sejam agilizados, ficou definido que só serão recebidas as fichas de encaminhamento que estiverem devidamente preenchidas e assinadas, acompanhadas de cópia dos documentos, RG e CPF, foto e o valor do cartão, que hoje é de R$ 25. Orientou-se que as entidades destaquem uma pessoa que faça a recolha dos pedidos, a conferência e o encaminhamento para a 28ª RT, responsabilizando-se também pelo acompanhamento e posterior entrega do Cartão Tradicionalista. Por já existir registros de diversos cartões que foram encaminhados e nunca retornaram, sugere-se que seja feito um documento de protocolo de entrega dos mesmos à Coordenadoria e posteriormente ao titular, pois trata-se de documento de grande importância dentro do MTG, cuja não portabilidade impede a participação em eventos como rodeios, cavalgadas oficiais, Enart, entre outros tantos que acontecem durante o ano.

Comentários